Publicidade
Publicidade

Campo Grande

NOTÍCIAS E REPORTAGENS ESPECIAIS DA CÂMARA DOS VEREADORES

 

 

Vereador Delegado Wellington entrega Moção de Congratulação à equipe da DPCA que elucidou caso de pedofilia dentro de escola

A equipe da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) liderada pelo delegado-adjunto, Fábio Anderson Ribeiro Sampaio, recebeu Moção de Congratulação do vereador Delegado Wellington (PSDB) nesta terça-feira (22), durante a 27º sessão plenária na Câmara Municipal, pela elucidação do caso de pedofilia onde um professor de 59 anos, abusava de seus alunos em uma escola pública da Capital. “Merecido esse reconhecimento de forma pública pelo glorioso trabalho que a DPCA realizou nesse caso e com certeza muito nos orgulha”, justificou o vereador.

A equipe com extrema competência e determinação conseguiu elucidar um crime de terrível barbárie que era cometido contra pequenos inocentes. A equipe prendeu o professor da rede municipal de ensino, suspeito de ter estuprado pelo menos sete crianças com idades entre 11 e 13 anos. Segundo eles, os abusos aconteciam sempre que pediam algum tipo de orientação.

O delegado-adjunto, Dr. Fábio Anderson Ribeiro Sampaio, disse que essa homenagem estimula e reforça o seu trabalho. “Sou muito grato por essa homenagem, essa moção é o reconhecimento do nosso trabalho perante a sociedade, e nos estimula a continuar trabalhando com afinco para defender e proteger nossas crianças”, agradeceu.

A psicóloga Roseane Basualdo Hernandes, uma das homenageadas, reforçou que a moção é o reconhecimento da resolutividade de um trabalho articulado, “muito gratificante receber essa homenagem, isso é fruto do trabalho em equipe, fico feliz em atuar na minha área com trabalho psicossocial muito importante para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade”, disse a psicóloga.

Além do delegado e da psicóloga foram homenageados os investigadores da Polícia Civil, Marcia Maria Targino Nogueira, Paulo Sérgio Batista da Silva, Mayara Aparecida Vieira Ortega, Jeferson da Silva Maidana e o escrivão Wellington Clayton da Silva.

Projeto de lei que estabelece normas para execução de obras em vias públicas é aprovado na capital

Projeto de Lei de autoria do líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador Chiquinho Telles (PSD), que estabelece normas para execução de obras em vias públicas pavimentadas ou não por concessionárias de serviço público em Campo Grande, foi aprovado na sessão desta terça-feira (22/5), em primeira votação, por 23 votos a favor e nenhum contra.

Segundo o Parlamentar, a propositura é de extrema relevância para o bom andamento das obras em vias públicas, fazendo com que elas tenham início e fim. “Vai impedir que as obras fiquem paradas por tempo indeterminado, sendo finalizada apenas quando a empresa prestadora do serviço ou concessionária requerer”.

Apesar de o próprio Código de Polícia Administrativa da Capital prever que a execução de obras públicas ou particulares em logradouros públicos depende de licença prévia do órgão municipal competente, hoje, não existe norma específica regulamentando a forma com a qual deverão ser realizadas.

É comum que as empresas e concessionárias prestadoras de serviços iniciem as obras nos locais pavimentados, deixando-as paradas por alguns dias e só depois finalizam o trabalho. Ao exemplificar, o Vereador lembrou das aberturas realizadas pelas empresas de água e saneamento, que fazem grandes recortes transversais nas vias, e somente depois de dias tapam os buracos.

O objetivo do projeto, argumentou Chiquinho Telles, é obter das empresas um compromisso em finalizar em tempo justo o serviço, impedindo que causem transtornos à população.

Acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida é uma questão de justiça social”, diz Maksoud

“É rapidinho! Já volto! Não vai demorar!”. Não! Esta vaga não é sua nem por um minuto. Esse é o recado da ação realizada nesta terça-feira(22), no Centro de Campo Grande. Cadeiras de rodas ocuparam as vagas de estacionamento da Rua 14 de Julho, entre a Avenida Afonso Pena e a Barão do Rio Branco, com placas contendo frases utilizadas por condutores que utilizam vagas especiais recorrentemente.

A ação, que faz parte do “Maio Amarelo”  – mês dedicado a campanhas educativas sobre os cuidados no trânsito para reduzir o número de acidentes e preservar vidas – teve a participação do vereador William Maksoud (PMN), campeão de indicações sobre o tema na Câmara Municipal.

De acordo com Ivanise Rota, chefe de Educação para o Trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), ao longo do ano passado, pelo menos 500 motoristas foram multados por estacionarem nas chamadas vagas especiais, de deficientes e idosos. “ Faz 10 anos que a gente educa a população sobre isso”. Então quando o condutor for multado não é para ficar irritado e tentar recorrer”.

Desde janeiro de 2017, a punição para quem estaciona de forma irregular em vagas destinadas a esse público ficou mais severa. A multa é de R$ 298, 47 e o infrator ainda perde 7 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Coordenador de Apoio da Pessoa com Deficiência, David Marques, explica que ainda hoje existe uma cultura de que as vagas especiais são menos importantes que suas necessidades momentâneas. “Existem aproximadamente 200 mil pessoas com deficiência em Campo Grande e as vagas destinadas a esse público já são poucas. Não imaginam a dificuldade que é para um cadeirante”, conta.

Para o vereador William Maksoud, as vagas especiais são parte do direito de ir e vir da população com mobilidade reduzida. “Seja nos estacionamentos, nos ônibus, nas calçadas, nos prédios públicos e de serviços, essa população precisa que seus direitos e necessidades sejam respeitados. Isso é uma questão de justiça social”, finaliza.

Indicação do vereador João César Mattogrosso leva limpeza ao Pólo Industrial Norte

A entrada e a parte do fundo do Pólo Industrial Norte está recebendo limpeza após diversas reivindicações de empresários da região. O autor do pedido é o vereador João César Mattogrosso (PSDB), que esteve no local para fazer um levantamento das melhorias com representantes da classe empresarial.

Presidente da Comissão Permanente de Indústria, Comércio, Agropecuária e Turismo, o vereador João César Mattogrosso esteve com um grupo de empresários para acompanhar as demandas da região. Um dos principais pedidos apontados era a necessidade de limpeza do local, tanto na entrada, quanto na parte do fundo.

Para o empresário Luclécio Festa, o apoio do parlamentar é essencial para fortalecer o desenvolvimento das empresas do Pólo Industrial Norte. “Nós solicitamos o apoio do vereador, porque acreditamos que é importante dar incentivo, mas também é importante cuidar daqueles que estão com problemas para se fortalecer”, ressalta.

A equipe da Prefeitura está no local realizando a limpeza, sendo fundamental para saúde pública também. “O problema do acúmulo de lixo e entulho vai além de uma questão estética, trata-se da qualidade de vida e bem-estar de quem trabalha ali”, defende o vereador.

Outros encaminhamentos também estão em andamento, como melhorias no trânsito do local, sobretudo pelo intenso tráfego de caminhões.

Chama o João! – Para chamar o vereador João César Mattogrosso basta entrar em contato pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045. O aplicativo “Chama o João” também está disponível gratuitamente na Play e App store, onde a população pode fazer indicações e solicitar a presença do parlamentar.

Vereadores votam sete Projetos na sessão desta quinta-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande analisam sete Projetos na sessão ordinária desta quinta-feira (24).

Em única discussão e votação serão analisados dois Projetos do Executivo Municipal. O Projeto de Lei 8.862/18, que revoga na íntegra a Lei 5.608, de 17 de agosto de 2015.

Também o Projeto de Lei 8.886/18, que amplia vagas do cargo de provimento efetivo de professor no quadro de pessoal do Poder Executivo e dá outras providências.

Ainda em única discussão e votação serão analisados mais dois Projetos. O Projeto de Resolução 329/17, de autoria dos vereadores Enfermeira Cida Amaral, Betinho, Valdir Gomes, André Salineiro e Pastor Jeremias Flores, que institui a frente parlamentar em defesa dos direitos da pessoa idosa no âmbito da Câmara de Municipal de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e dá outras providências.

E, o Projeto de Resolução 343/17, de autoria da vereadora Enfermeira Cida Amaral, que dispõe sobre a comemoração do Dia do Nutricionista pela Câmara Municipal de Campo Grande-MS.

Já em segunda discussão e votação será analisado o Projeto de Lei 8.857/18, de autoria da Vereadora Enfermeira Cida Amaral, que denomina de “Dona Maria Bezerra” a Rua Pirassununga, localizada no Bairro Aero Rancho, em nossa Capital.

Em primeira discussão e votação serão analisados outros dois Projetos. O Projeto de Lei 8.696/17, de autoria dos vereadores Lucas de Lima e Gilmar da Cruz, que dispõe sobre a proibição do uso de recursos públicos para a contratação de artistas em que suas músicas incentivem a violência ou exponham as mulheres, os homossexuais e os afrodescendentes a situação de constrangimento.

E, o Projeto de Lei 8.717/17, de autoria do vereador Wilson Sami, que estabelece a possibilidade do agendamento telefônico de consultas para pacientes idosos e para pessoas com deficiências já cadastradas nas unidades de saúde do município de Campo Grande dá outras providências.

Palavra Livre – A sessão contará ainda com a participação do arquiteto e urbanista, Gil Carlos de Camilo, que usará a Tribuna para falar sobre o Plano Diretor do município de Campo Grande. O convite foi feito pelo vereador Vinícius Siqueira.

Serviço – A sessão será realizada a partir das 9h no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, 1.600, bairro Jatiúka Park

Dayane Parron

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

 PL do vereador Delegado Wellington cria Programa de Ações Comunitárias da Guarda Civil

Está em tramitação na Câmara Municipal, o Projeto de Lei nº 8.922/18 que cria o Programa de Ações Comunitárias da Guarda Civil. O PL visa consolidar ações que integrem de forma definitiva na Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social, assegurando que o Programa não seja extinto, proporcionando segurança jurídica àqueles que são atendidos pelas ações e que seja efetiva a continuidade, bem como uma participação maior do Poder Público em notáveis ações como, por exemplo, a prevenção das causas da violência.

“Esse projeto propõe um olhar diferente, um olhar para a prevenção e um planejamento de intervenção da Guarda que caminhe no sentido de romper com o ciclo perverso da origem da violência, o que já fora feito através do Plano Municipal de Segurança Pública. Sabemos que a violência tem como causas, diferentes fatores: psicológicos, sociais, econômicos, políticos e culturais, além de motivações étnico-raciais, religiosas, de gênero e orientação sexual. Por essa razão, o debate da segurança deve estar relacionado com a dinâmica da sociedade”, explica o parlamentar.

Ainda de acordo com a justificativa do projeto de lei, o vereador Delegado Wellington explica que a Guarda Municipal, observando essa necessidade da prevenção das causas da violência, criou algumas ações comunitárias, possibilitando a aproximação com a população, entendendo suas necessidades, e auxiliando de forma voluntária no combate das vulnerabilidades sociais.

Além disso, esse trabalho atende o Eixo 2, da Lei 8.434/17 que institui o Plano Municipal de Segurança Pública. Nesse eixo é abordado como tema central o fortalecimento da relação polícia, comunidade e justiça.

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Exemplo de combate à violência contra as mulheres, Maria da Penha recebe homenagem na Capital

Ela conseguiu transformar a dor, a paraplegia e a demora no reconhecimento da necessidade de uma lei forte de combate à violência contra as mulheres no Brasil, em símbolo de lutas e conquistas na proteção das vítimas e punição dos agressores. Esta é Maria da Penha, a farmacêutica bioquímica que foi covardemente atingida com um tiro pelas costas enquanto dormia por seu ex-marido.

Pelo histórico e a força em não se conformar em ser uma cadeirante vítima da violência doméstica e com a impunidade da soltura do ex-marido, Maria da Penha mobilizou, publicou livro, engajou com comitês nacionais e internacionais e, enfim, em 7 de agosto de 2006, viu entrar em vigor a Lei Federal 11340 – a Lei Maria da Penha.

Símbolo brasileiro e internacional contra intolerância e violência contra a mulher, Maria da Penha já recebeu muitas homenagens. Uma delas ocorreu em Campo Grande no dia 17 de maio. Por propositura do vereador Eduardo Romero (Rede), e aprovação por unanimidade pelos demais vereadores, foi concedido o título de visitante ilustre a ela.  Devido agenda, a entrega ocorreu durante evento promovido pela OAB-MS, que Maria da Penha foi a convidada especial para palestrar.

Eduardo Romero destaca que o título de visitante ilustre para Maria da Penha vai além de uma placa histórica para uma figura pública. É um reconhecimento pela importância da lei, da história a mulher que transformou seu sofrimento em políticas públicas.

Conheça mais sobre a história de Maria da Penha

Cearense de Fortaleza, Maria da Penha é farmacêutica bioquímica pela Universidade Federal do Ceará, com Mestrado em Parasitologia em Análises Clinicas, pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, aposentada.

Em maio de 1983 Maria da Penha foi vitimada por seu então marido, Marco Antonio Heredia Viveros com um tiro nas costas enquanto dormia, que a deixou paraplégica. Marco Antônio por duas vezes foi julgado e condenado, mas saiu em liberdade devido a recursos impetrados por seus advogados de defesa.

Em 1994 publicou o livro “Sobrevivi… Posso Contar” (reeditado em novembro de 2010, pela editora Armazém da Cultura) que em 1998 serviu de instrumento para, em parceria com o CLADEM (Comitê Latino-americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher) e CEJIL (Centro pela Justiça e o Direito Internacional) denunciar o Brasil na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos OEA.

Essa denuncia resultou na condenação internacional do Brasil, pela tolerância e omissão estatal, com que de maneira sistemática, eram tratados pela justiça brasileira, os casos de violência contra a mulher.

Com essa condenação, o Brasil foi obrigado a cumprir algumas recomendações dentre as quais destaco a de mudar a legislação brasileira que permitisse, nas relações de gênero, a prevenção e proteção da mulher em situação de violência doméstica e a punição do agressor.

E assim, o governo federal já sob o comando do Presidente Luis Inácio Lula da Silva, através da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres  parceira de cinco organizações  não governamentais,  renomados juristas  e atendendo  aos   importantes tratados internacionais  assinados e ratificados pelo Brasil, criou  um projeto de lei  que  após  aprovado por unanimidade  na Câmara e no Senado Federal   foi,  em 07 de agosto de 2006 , transformado como  Lei Federal 11340 – Lei Maria da Penha.

A sua contribuição nesta importante conquista para as mulheres brasileiras tem lhe proporcionado, por todo o país, significativas homenagens, dentre as quais podemos destacar a “Mulher de Coragem”, primeira brasileira a receber esse condecoração do Governo Americano, a Ordem de Cruz de Dama de Isabel la Católica, condecoração concedida pela Embaixada do Reino da Espanha e o Prêmio Direitos Humanos 2013, que é considerado a maior outorga do Governo Brasileiro no campo dos Direitos Humanos, além de incontáveis convites, no Brasil e no exterior,  para palestras, seminários, entrevistas para jornais, revistas, rádio e televisão, etc. nos quais, tenta contribuir para a conscientização dos operadores do Direito, da classe política e da sociedade de uma maneira geral, sobre a  importância da correta aplicabilidade da Lei Maria da Penha, ao mesmo tempo em que esclarece também a questão da acessibilidade para pessoas com deficiência.

Paralelo às suas atividades acima descritas, Maria da Penha  permanece atenta a tudo que se refere à lei 11340/2006 batizada com o seu nome,  que por diversas vezes foi alvo de tentativas de enfraquecimento ,   como  por exemplo, quando buscaram aprovar no Senado Federal o  anti-projeto de Lei 156/2009   que   visava transformar a violência doméstica contra a mulher em crime de baixo potencial ofensivo .   Através do lançamento do Manifesto Público de Apoio à lei,  Maria da  Penha coletou inúmeras assinaturas nos locais onde se apresentava, por todo o Brasil. Essa ação junto a outras de militantes e instituições como o Ministério Público e a Defensoria Pública, resultou na manutenção da Lei Maria da Penha na sua integridade.

Maria da Penha protocolou na Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Ceará, em janeiro de 2009, o oficio 764/2009-7 solicitando providências para, atendendo a uma das recomendações da OEA, incluir nas unidades curriculares de ensino,  a importância do  respeito à mulher e aos seus direitos reconhecidos  na Convenção Belém do Pará.

Maria da Penha é Fundadora do “Instituto Maria da Penha – IMP”, uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que visa, através da educação, contribuir para conscientização das mulheres sobre os seus direitos e o fortalecimento da Lei Maria da Penha. Dentre as ações desenvolvidas destacamos o Curso de Formação de Defensores e Defensoras do Direito à Cidadania, destinado aos moradores de área de vulnerabilidade social, profissionais que atuam na rede atendimento a mulher, operadores do Direito, universidades e empresas. (texto extraído do site http://www.institutomariadapenha.org.br).

Em Sessão Ordinária, vereador João César Mattogrosso ressalta problemas de iluminação, limpeza e asfalto nos bairros da Capital

Contemplando diversas regiões com pedidos de melhorias, sobretudo para iluminação, operação tapa-buraco, cascalhamento e patrolamento, trânsito e limpeza, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) destacou, durante a 26ª Sessão Ordinária realizada nesta quinta-feira (17), a necessidade do Poder Executivo Municipal se mobilizar para atender as demandas dos bairros da Capital.

Foram encaminhados diversos pedidos de iluminação pública, visando atender os bairros Vila Rica, Santo Amaro, Vila Vilas Boas, Jockey Club, Vila Almeida, Parque Dallas, Loteamento Tarsila do Amaral, Ana Maria do Couto e Parque Isabel Garden’s. A escuridão nessas regiões preocupa os moradores pela insegurança e consequente aumento dos assaltos.

Já no Jardim Aero Rancho, Parque do Lageado, Loteamento Cristo Redentor e Vila Morumbi, a situação que preocupa quem reside no local são as condições de tráfego. Essas regiões não são asfaltadas e a maior solicitação é que seja realizado cascalhamento e patrolamento no local.

Muitos pedidos de limpeza também foram direcionados para atender os bairros, assim como melhorias no trânsito, que incluem sinalização vertical e horizontal. O parlamentar solicitou ainda um estudo de viabilidade para asfaltamento na Vila Gomes, Vila Margarida e Vilas Boas.

Para o vereador, a maior preocupação é melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. “Nosso propósito ao encaminhar as indicações é direcionar os pedidos que temos acompanhado em visita ao bairros e que recebemos através das redes sociais e outras plataformas”, pontua.

Chama o João! – Para chamar o vereador João César Mattogrosso basta entrar em contato pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045. O aplicativo “Chama o João” também está disponível gratuitamente na Play e App store, onde a população pode fazer indicações e solicitar a presença do parlamentar.

“Tapa Buraco ainda é a principal reivindicação da população”, afirma Valdir Gomes

O vereador Valdir Gomes tem recebido inúmeras solicitações por meio de sua assessoria externa e o canal “Alô Valdir”, pedindo por melhoria nas ruas de Campo Grande.

Entre os Bairros que precisam de atenção do poder público municipal estão:

1.o serviço de tapa buraco na Avenida Presidente Ernesto Geisel da Rua Caruso até a Rua Dom Aquino.

2.o serviço de tapa buraco na Avenida Monte Castelo da Rua Sebastião Taveira até a Rachid Neder no Bairro Monte Castelo.

3.o serviço de tapa buraco na Rua Mário de Andrade entre as Ruas Pedro Martins e Rua das Folhagens na Vila do Polonês.

4.o serviço de tapa buraco na Rua Elpidio Nunes da Cunha em toda sua extensão no Bairro Carandá Bosque.

5.a troca de Lâmpada na Rua Usi Tomi N°388 no Bairro Carandá Bosque.

6.o serviço de tapa buraco na Rua Paraíso em toda sua extensão no Bairro Coronel Antonino.

7.a troca da grade do bueiro na Rua Dário Anhaia Filho N°1888 no Jardim Colorado.

8.a Limpeza da Praça da Rua Jambeiro na Vila Santo Eugênio.

9.a troca da placa de Pare no cruzamento das Ruas Afife Anache com a Rua Jambeiro na Vila Santo Eugênio.

10.a Limpeza da calçada na Rua do Seminário em frente aos números 470,626 e 1035 no Bairro São Francisco.

11.o serviço de tapa buraco na Rua Tenente Lira em frente aos N°328 e N°33 na Vila Nasser.

12.a Limpeza de terreno na Rua Tenente Lira ao lado do N°360 na Vila Nasser.

13.o serviço de tapa buraco na Avenida João Rosa Pires N°871 no Bairro Amambaí.

14.o serviço de tapa buraco na Rua General Osório N°225 no Bairro Amambaí.

15.o serviço de tapa buraco na Rua Águas da Prata com a Rua Valério de Almeida na Vila Aimoré.

16.a troca de Lâmpada na Rua Pontalina N°456 no Bairro Universitário.

17.a troca de Lâmpada na Rua Pontalina N°465 no Bairro Universitário.

18.o serviço de tapa buraco na Rua Venâncio Borges do Nascimento em toda sua extensão no Jardim TV Morena.

19.o serviço de tapa buraco na Rua dos Prismas em toda sua extensão no Jardim TV Morena.

20.o serviço de tapa buraco na Avenida Garimpo esquina com a Rua Assunção no Bairro Coopharádio.

21.o serviço de tapa buraco na Avenida Garimpo próximo a Rua Coridon no Bairro Coopharadio.

22.Sinalização horizontal e vertical nas Ruas Jardim Santo Ignácio e Porto Acre no Jardim Bonança CEP: 79092-161.

23.Sinalização horizontal e vertical no cruzamento da Rua Luiz Cardoso Aires com a Rua Jaime Costa no Conj.Hab.Buriti CEP: 79091-050.

24.o serviço de tapa buraco na Rua Girassol em toda a sua extensão no Conj. Hab. Buriti CEP: 79091-011.

25.a troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°776 no Bairro Amambaí.

26.a troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°386 no Bairro Amambaí.

27.a troca de Lâmpada na Avenida Marechal Deodoro N°764 no Jardim Leblon.

28.a troca de Lâmpada na Rua Brilhante N°2361 na Vila Bandeirante.

29.a troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°876 no Bairro Amambaí.

30.a troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°810 no Bairro Amambaí.

31.a pintura da Faixa de Pedestres na rotatória das Ruas Marquês de Lavradio com Joaquim Murtinho e na Rua Marquês de Pombal próximo ao EXTRA Supermercado e CCI Vovó Ziza.

32.a troca de Lâmpada na Rua Brilhante N°3095 na Vila Bandeirante.

33.a troca de Lâmpada na Rua Brilhante N°2711 na Vila Bandeirante.

34.a troca de Lâmpada na Rua Brilhante N°2561 na Vila Bandeirante.

35.a pintura de Pare na Rua Tenente Antônio João de Figueiredo N°357 na Vila Taquarussu.

36.a pintura de Pare na Rua Santa Adélia N°440 no Bairro Taquarussu.

37.a pintura de PARE e a placa na Rua Dois de Março N°256 na Vila Taquarussu.

38.a troca de Lâmpada na Rua Coronel Zelito Alves Ribeiro no Jardim Zé Pereira.

39.a troca de Lâmpada na Rua José Garcia Veloso em frente ao N°924 no Jardim do Zé Pereira.

40.a troca de Lâmpada na Rua Eugênio Peron em frente ao N°944 no Jardim do Zé Pereira.

41.a pavimentação Asfáltica na Rua Jordão no Jardim Noroeste.

42.o serviço de Patrolamento e Cascalhamento na Rua Barbacena em toda sua extensão no Jardim Noroeste.

43.o serviço de Patrolamento e Cascalhamento na Rua Urupês em toda sua extensão no Jardim Noroeste.

44.a troca de Lâmpada na Rua Alexandre Fleming esquina com a Rua Aduiê Rezek na Vila Bandeirante.

45.a troca de Lâmpada na Rua Albert Sabin N°103 na Vila Taveirópolis.

46.a troca de Lâmpada na Rua Guaianazes N°350 no Jardim Leblon.

47.o serviço de tapa buraco na Rua Engenheiro Roberto Mange com a Rua Antonio João Figueiredo até a Avenida Bandeirantes na Vila Taquarussu.

48.o serviço de tapa buraco na Rua Engenheiro Roberto Mange N°1946 na Vila Taquarussu.

49.o serviço de tapa buraco na Avenida das Primaveiras em toda sua extensão no Jardim Jockey Club.

50.a troca de Lâmpada na Avenida dos Cafezais esquina com a Avenida Gury Marques no Jardim Centro Oeste.

51.a troca de Lâmpada na Rua Francisco Manoel da Silva N°107 no Jardim Los Angeles.

52.o serviço de Patrolamento e Cascalhamento na Rua Afonso Celso em toda sua extensão no Jardim Los Angeles.

53.a colocação de um braço de Lâmpada na Rua da Lapa em frente aos N° 244 e N°276 no Bairro Coophamat.

54.o serviço de tapa buraco na Rua Adelaide Maia Figueiredo com a Rua Lucia dos Santos no Parque do Lageado.

55.o serviço de tapa buraco na Rua Mainá em toda sua extensão no Jardim Colibri.

56.o serviço de tapa buraco na Rua Carrica em toda sua extensão no Jardim Colibri.

57.a troca de Lâmpada na Rua Spipe Calarge em frente ao N°1395 na Vila Carlota.

58.a troca de Lâmpada na Rua Adolfo Pinheiro e 5 de Outubro na Vila Margarida.

59.a retirada de lixo na Rua Buenos Aires na Vila Margarida CEP: 79023-210.

60.o serviço de tapa buraco na Rua Antônio Maria Coelho após a Avenida Dr. Paulo Machado no Bairro Santa Fé.

61.o serviço de tapa buraco na Rua Afonso Lino Barbosa entre as Ruas e Avenida Ministro João Arinos na Chácara Cachoeira.

62.o serviço de tapa buraco na Rua Nabuco de Araújo próximo ao N°41 na Vila Rosa Pires.

63.a limpeza das ruas e calçadas com o compromisso em proteger o povo e servir a lei. do Barrio Lagoa Dourada, CEP 79042-802.

64.a pavimentação asfáltica nas Ruas Tucunaré, Pintado, Mandi, Av Tereza Garcia Pain, Av Francisco Galvão Pain sendo linha de ônibus n°102 do Barrio Lagoa Dourada CEP 79042-730.

65.limpeza do terreno localizado na Rua Curimbatá, n° Quadra 13 Lote 09 e no Lote 13 N° 06 no bairro Lagoa Dourada,CEP 79042-790.

66.a Pavimentação Asfáltica na Avenida 3 em toda sua extensão na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-500.

67.a Limpeza do Canteiro Central na Avenida 3 em toda sua extensão na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-500.

68.a Limpeza de terreno na Avenida 3 ao lado do N°157 na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-500.

69.a Limpeza de terreno na Rua 121 ao lado do N°87 na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-590.

70.a Limpeza de terreno na Rua 121 em frente ao N°151 na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-590.

71.a Limpeza do Canteiro Central na Rua 76 em toda sua extensão na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-650.

72.o serviço de Patrolamento e Cascalhamento na Rua 125 em toda sua extensão na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-630.

73.a Limpeza de terreno na Rua 125 ao lado do N°75 na Vila Nova Campo Grande CEP: 79104-630.

74.a troca de Lâmpada na Avenida Guaicurus esquina com a Rua Marques de Olinda no Bairro Universitário CEP: 79063-092.

75.a troca de Lâmpada na Rua Estiva esquina com a Rua Paraisópolis na Vila Santo Eugênio CEP: 79060-420.

76.a troca de Lâmpada na Rua Spipe Calarge N°1546 na Vila Morumbi CEP: 79052-900.

77.a troca de Lâmpadas na Rua Planície N°289 Jardim Flamboyant CEP: 79041-440.

78.a limpeza de um terreno uma Àrea Publica ruas e calçadas ao lado de uma escola estadual com compromisso em proteger o povo do Jardim Flamboyant, Cep 79041-420.

79.o serviço de Patrolamento e Cascalhamento na Rua Ayd Saravy de Souza em toda sua extensão no Barrio Jardim Vitória CEP: 79042-040.

80.a pavimentação asfáltica da Rua Dos Estudantes no Bairro Jardim Itatiaia CEP: 79042-510.

81.a pavimentação asfáltica em toda a extensão da Rua Jacarepaguá, no Barrio Flanboyant , CEP:79042-877.

82.sinalização horizontal e vertical no cruzamento da Rua Honduras com a Rua Europa no Bairro Jardim Jacy CEP: 79006-261.

83.a troca de Lâmpadas na Rua Aloísio Gentil Branco, nº 270, no Conjunto Aero Rancho, CEP:79084-084.

O vereador criou uma linha direta para atender a população (Alô Valdir) que pode fazer solicitações pelo número (67) 3316-1537, “Nós vereadores somos a linha direta entre o Executivo para as demandas da população de Campo Grande”, disse o Vereador Valdir Gomes.

HÁ 55 ANOS NO ESQUECIMENTO JARDIM NOROESTE NÃO TEM INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS PÚBLICOS

Vereador William Maksoud

Com parcelamento registrado na Prefeitura desde 1963, o Jardim Noroeste, localizado na Região do Prosa, mesmo aos 55 anos de fundação, ainda amarga a carência de infraestrutura e serviços públicos em Campo Grande.

Bairro com o maior número de crianças e adolescentes na Capital (32,7% da população), segundo senso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Noroeste ainda apresenta os mesmos problemas desde a época de sua fundação: ruas escuras, sem pavimentação, ausência de sinalização, sem opções de lazer, entre outros.

Moradora do bairro, Eliane Aparecida Pereira Diniz, apela para o patrolamento e encascalhamento  da Rua Almeira, na quadra 443. A situação da via, segundo ela, é a mesma de tantas outras do bairro. “Está muito difícil até para sair para trabalhar”, pontua.

Segundo Edson Duarte, morador da Rua Ubatuba, a situação se agrava quando chove. Além da falta de pavimentação, a água forma buracos que torna impossível o tráfego de veículos. “Quando não atola por causa da areia e lama, fica preso em buracos”, destaca.

Ainda de acordo com o morador, a ausência de iluminação pública torna perigosa a rotina no bairro. A maioria das ruas sequer têm braços de luminárias, prevalecendo a escuridão que favorece a ação de criminosos.

O pedido de socorro foi feito por moradores do bairro por meio de uma rede social e chegou até o vereador William Maksoud (PMN), que apresentou diversas indicações ao Executivo nesta quinta-feira (17) para contemplar o bairro. “O Noroeste sobrevive já faz muito tempo em condições ruins. Nosso papel é garantir que não sigam no esquecimento”, afirma o parlamentar.

Lucas Junot – Assessoria de imprensa do vereador

 

 DR ANTONIO CRUZ COBRA MANUTENÇÃO DE ASFALTO

Na sessão desta quinta-feira (17/05), da Câmara Municipal de Campo Grande, o Vereador Dr Antonio Cruz cobrou a realização mais intensa de manutenção asfáltica, tipo Tapa Buracos, em vias de grande movimento da Capital.

Entre os pedidos está a Avenida Eduardo Elias Zahran, via que liga importantes bairros da capital e saídas para rodovias, por tanto atende uma demanda muito grande de veículos leves e pesados. A indicação atende pedido formulado por comerciantes da região que alegam ter testemunhado acidentes por conta de buracos existentes nas duas mãos da avenida. “Já presenciamos vários acidentes por aqui, alguns porque motoristas foram desviar de buracos e acabaram colidindo”, afirmou um comerciante que preferiu não ser identificado.

A Avenida Monte Castelo, que liga a região do bairro Monte Castelo ao centro da Capital também está entre as indicações. Conforme narrado por moradores do local, a avenida está cheia de buracos e com muitas irregularidades na pista, causando muitos transtornos para todos que optam por utilizá-la para o deslocamento.

Na região central, os comerciantes pedem para que sejam tapados os buracos na esquina da rua Antônio Maria Coelho com a avenida Calógeras. Conforme os moradores, existem buracos antes e depois da esquina, o que causa incômodos para quem passa pela rua. “Os incômodos vão desde pneus furados até acidentes que já aconteceram por aqui”.

Para fazer sua solicitação pelo site, basta acessar www.antoniocruz.com.br e ir em “Faça sua solicitação”, preencher os dados e escrever seu pedido, incluindo detalhes do local, como nome do bairro e ruas ou locais públicos, como creches, escolas, postos de saúde, entre outros. Lembrando que este gabinete não atende reivindicações pessoais, apenas reivindicações que beneficiem a população.

VEREADORA ENFERMEIRA CIDA AMARAL FAZ INDICAÇÕES PARA REFORÇO MÉDICO NO BAIRRO CAMPO ALTO E VILA NASSER

Para atender às solicitações da população de Campo Grande, a vereadora Enfermeira Cida Amaral, fez indicações na sessão desta quinta-feira (17), na Casa de Leis. Sempre recebendo reclamações e pedidos de serviços para melhorar a vida dos campo-grandenses, a equipe da vereadora, também faz visitas em bairros para conhecer de perto as necessidades de cada região.

Desta forma, foram feitas indicações ao executivo para que sejam realizados os serviços de infraestrutura, saúde, segurança pública entre outras solicitações.

Foi solicitado à SISEP (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), o estudo de viabilidade técnica para pavimentação asfáltica, implantação de rede de esgoto e a troca de lâmpada no poste da Rua Kama Nakazato, além disso, foi solicitado à SEJUSP (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), o reforço no policiamento para o bairro Jardim Itamaracá.

Para o bairro Jardim Campo Alto, foi solicitado à SESAU (Secretaria Municipal de Saúde Pública), reforço médico na especialidade Clínico Geral, e a ampliação de vagas para consulta na UBS (Unidade Básica de Saúde da Família) “Dr. Edson Quintino Mendes” localizada na Avenida Guaicurus. A população da Vila Nasser, também solicitou reforço médico nas especialidades Clínico Geral e uma banheira de Ozônio para potencializar a atenção à saúde na UBS “Dr. Milton Kojo Chinen”.

No Jardim Nashville, a solicitação é de pavimentação asfáltica da Rua Casemiro Guilhermo Soria e da rua Rua Hideo Akamine, que foi objeto de pedido de realização de viabilidade técnica, fase necessária para realização de pavimentação, além da construção de uma praça com academia ao ar livre, reforço no policiamento, limpeza de uma área localizada na Rua Casemiro Guilhermo Soria, o término da obra de construção do Centro de Educação Infantil na Rua Maria Jose de Souza e limpeza das calçadas da Rua Hideo Akamine.

No Conjunto Residencial Recanto dos Rouxinóis, foi pedido para a SESAU, o término da construção da Unidade Básica de Saúde. Para a SISEP foi solicitado o encascalhamento e patrolamento da Rua José Borges do Nascimento, a partir da Rua Chain Jorge, estudo de viabilidade técnica para pavimentação asfáltica da Rua José Borges do Nascimento, a partir da Rua Chain Jorge, e a implantação de rede de esgoto. Além disso, o término da pavimentação asfáltica na Rua Chain Jorge a partir da Rua Agostinho Bacha é uma grande necessidade dos moradores.

Para o Jardim das Perdizes, foi solicitado à SEJUSP o reforço no policiamento. Na Vila Santo Eugênio, o pedido foi de estudo de viabilidade técnica para implantação de rede de esgoto na Rua Chain Jorge. Para o Núcleo Habitacional Universitária II, solicitaram o reforço médico na especialidade Clínico Geral na Unidade Básica de Saúde “Dr. Olympio Leme Cavalheiro”. Já para o bairro Jardim Colibri, a indicação é para o estudo de viabilidade técnica para a construção de uma praça com academia ao ar livre. No Conjunto Residencial Estrela do Sul, os moradores solicitaram poda de árvore localizada na Rua Mundo da Lua, em frente o n° 510.

As indicações são o instrumento do Poder Legislativo para informar ao Poder Executivo e provocar melhorias para a cidade. Para encaminhar sua solicitação ligue no gabinete da vereadora Enfermeira Cida Amaral, telefone: (67) 3316-1531.

JUNIOR LONGO COBRA POLICIAMENTO NA REGIÃO CENTRAL DE CAMPO GRANDE

Comerciantes, Moradores e frequentadores da Feirona têm reclamado da insegurança em virtude do número de usuários de drogas que perambula na região

O vereador Junior Longo solicitou rondas policiais ostensivas nas ruas próximas à Esplanada Ferroviária, bem como em toda a extensão da Avenida Calógeras e no comércio em torno da antiga rodoviária de Campo Grande.

De acordo com o parlamentar são muitas as reclamações em virtude da grande quantidade de dependentes químicos e moradores de rua que transitam pela região, causando insegurança aos comerciantes, moradores e frenquentadores dessas localidades.

A insegurança aumentou ainda mais, depois do assassinato do pedreiro Antônio Marcos Rodrigues de Souza, que foi ajudar uma moça que estava sendo assaltada na Avenida Mato Grosso, em frente da Esplanada Ferroviária.

“Além do assassinato também há reclamações do elevado número de assaltos e outros atos de bandidagem praticados no local, Temos que proteger os cidadãos de bem”, pontuou o vereador.

Junior Longo também apresentou indicações solicitando: sinalização horizontal e vertical, tapa-buracos, cascalhamento e patrolamento,

Essa semana os pedidos de melhoria foram para os bairros: Zé Pereira, Jardim Colibri II, Jardim Noroeste, Amambaí, Nova Campo Grande, Nhanhá, Jardim Veraneio, Vila Santa Luzia, Vila Rosa Pires, Jardim Montevidéu, Parque dos Novos Estados, Monte Castelo e Taquaral Bosque.

Seu bairro precisa de algum serviço público? Entre em contato com o vereador Junior Longo pelo “Gabinete Online” – Whats: 9.9211-3009 / Insta e Face: JuniorLongoMS ou pelo site: www.juniorlongo.com.br

 

Jardim Radialista recebe terceira edição de curso profissionalizante gratuito

A terceira edição do curso profissionalizante gratuito de Design de Sobrancelha acontece no bairro Jardim Radialista. O curso é totalmente gratuito e a turma é composta por 30 alunas que terão 10 dias de aula e, ao final, receberão o certificado de qualificação profissional.

O projeto social é de iniciativa do vereador Chiquinho Telles (PSD), e conta com a parceria da própria comunidade que se organiza e cria condições para que as participantes, em sua maioria de baixa renda, tornem-se profissionais qualificadas, gerando renda pessoal e estimulando a autoestima através do embelezamento de outras mulheres.

 A aula inaugural aconteceu nessa terça-feira (15). Além das 30 alunas, a cerimônia teve  a presença de outros moradores da região, e ainda, de Chiquinho Telles, que incentivou as alunas: “O conhecimento e a capacitação são valores que ninguém tira de nós e a qualificação profissional é um importante instrumento para tirarmos o Brasil da crise”, concluiu.

A esteticista Celina Pesente, professora da turma, manifestou a sua satisfação por participar do projeto e garantiu a eficácia do aprendizado: “O entusiasmo das alunas é muito gratificante para nós e a qualificação poderá melhorar muito a vida dessas futuras profissionais”, garantiu a especialista.

Na ocasião, Chiquinho Telles homenageou todas as mães presentes com entrega de uma lembrança temática alusiva ao Dia das Mães.

Assessoria do Vereador

Bosque da Saúde recebe cascalhamento e patrolamento após solicitação do vereador João César Mattogrosso

Após visitar o bairro Bosque da Saúde, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) encaminhou diversas solicitações para atender as demandas apresentadas pelos moradores. O principal pedido era cascalhamento e patrolamento das ruas, pois as condições de tráfego no local estavam insustentáveis.

Sensibilizado com a situação, o parlamentar mobilizou o seu gabinete e pontuou todas as demandas apresentadas pela população do Bosque da Saúde e encaminhou para providências do Executivo Municipal.

Morador do local há 5 anos, Fábio Dias Batista ressalta a importância das melhorias no asfalto. “A situação aqui estava muito ruim, por isso estamos felizes com esse cascalhamento e vamos continuar lutando por outras melhorias”, declarou.

Além de encaminhar indicações para providências do Poder Executivo, o vereador João César Mattogrosso também promoveu uma reunião com o Diretor-Presidente da Agência Municipal de Habitação (EMHA), Enéas Netto, para discutir sobre a regularização da área em que os imóveis estão instaladas.

“Visitar os bairros e levantar as reivindicações de perto é um compromisso que estabeleci em meu mandato, pois acredito que desta forma é possível avaliar e direcionar cada indicação em consonância com as necessidades de cada região”, ressalta o parlamentar.

Chama o João! – Para chamar o vereador João César Mattogrosso basta entrar em contato pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045. O aplicativo “Chama o João” também está disponível gratuitamente na Play e App store, onde a população pode fazer indicações e solicitar a presença do parlamenar.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Projeto do Dr. Sami em prol da saúde de diabéticos é sancionado e se torna Lei Municipal

Atendimento ao portador de Pé Diabético foi divulgado no Diogrande de 16 de maio

Foi sancionada a Lei n°6.002 que dispõe sobre o atendimento integral ao portador de Pé Diabético, no município de Campo Grande.

O Projeto de Lei com emenda do vereador Dr. Wilson Sami (MDB) foi apresentado à Mesa Diretora em 10 de abril e sancionada pelo prefeito no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (16).

Em vigor à partir da data de sua publicação, a Lei prevê atendimento integral ao portador de Pé Diabético, visando prevenir, diagnosticar e tratar os diversos tipos de lesões que o paciente diabético pode apresentar nos pés. Prevê ainda atendimento na área de podologia a estes pacientes na Rede Hospitalar, Atendimento Ambulatorial e nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), desde que haja agendamento prévio.

Serão realizadas também campanhas de esclarecimentos sobre cuidados com os pés dos pacientes diabéticos. “É um momento muito importante para a saúde. Pacientes diabéticos precisam de atenção especial e contar com mais esse suporte da Saúde Pública Municipal é um grande avanço. Diabetes e problemas do pé são quase sinônimos. É fato conhecido que os diabéticos são propensos à doença do pé e o temor de gangrena está presente na rotina destes pacientes, que se esforçam para manter sua saúde e proteger suas vidas”, avalia o vereador.

Sobre o Pé Diabético – Denomina-se Pé Diabético os diversos tipos de lesões que o paciente diabético pode apresentar em seus pés, em consequência da associação de doença vascular periférica, neuropatia, deformações ortopédicas, infecções e traumatismos.

Saiba mais – Para acompanhar o trabalho do vereador Dr. Wilson Sami na Câmara Municipal, acesse: facebook/wilsonsami e acompanhe as ações de todo o Legislativo Municipal no site www.camara.ms.gov.br

Assessoria de Imprensa do Vereador

Moradores do Carandá Bosque solicitam apoio do vereador João César Mattogrosso

Em reunião com representantes da Associação de Moradores do Carandá Bosque, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) acompanhou as demandas da população. Entre as reivindicações, os principais problemas apontados são a iluminação pública, falta de segurança e questões ligadas ao saneamento.

Além disso, os representantes também solicitaram melhorias para a praça da região, incluindo limpeza e substituição de luminárias queimadas, para realização da 3ª edição da festa junina do bairro. Os moradores ressaltaram que o evento promove a união entre a associação e os moradores.

A moradora Zelma Brandão, que reside no local há 18 anos, relata a necessidade de receber o apoio do parlamentar. “Nós precisamos de alguém que nos ouça e nos ajude a resolver esses problemas, pois temos muitos problemas e é importante ter alguém para levar as nossas reivindicações”, ressaltou.

De acordo com o vereador João César Mattogrosso, o maior problema da região está ligado a segurança pública. “No bairro há muito problemas com a iluminação, o que propicia o aumento de assaltos. A região já possui um índice de insegurança elevado, por isso é preciso combater esses fatores”, destaca o parlamentar.

Todas as demandas levantadas na reunião serão encaminhadas para providências do Executivo Municipal.

Chama o João! – Para chamar o vereador João César Mattogrosso basta entrar em contato pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045. O aplicativo “Chama o João” também está disponível gratuitamente na Play e App store, onde a população pode fazer indicações e solicitar a presença do parlamentar.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Junior Longo defende retorno de Centro Municipal Pediátrico

Para acabar com a peregrinação de pais em busca de atendimento pediátrico para seus filhos nas unidades de saúde da Capital, o vereador Junior Longo (PSB) defende o retorno do Centro Municipal Pediátrico.

O parlamentar apresentou a ideia para o prefeito Marcos Trad e para o secretário municipal da Saúde, Marcelo Vilela. “Conversei com o Prefeito e com o Secretário e ambos se mostraram sensíveis ​a​o retorno do Centro Pediátrico”, afirmou Junior Longo.

O parlamentar disse que a principal reclamação no setor da saúde que tem recebido é com relação ao atendimento das crianças. “O ideal era termos atendimento em todas as unidades de saúde, porém, faltam profissionais para atender toda a demanda. Então o que é melhor? Percorrer várias unidades de saúde a procura de um pediatra ou ir direto a um lugar onde se concentra todos os profissionais capacitados para atendimento pediátrico?”, argumentou.

Junior Longo, disse ainda, que apresentou a possibilidade de transformar uma das unidades de saúde em Centro Pediátrico, ou ainda um imóvel público poderia ser cedido para o retorno do atendimento 24 horas das crianças. “Minha sugestão não é para implantar o Centro Pediátrico na Afonso Pena, que foi fechado pela administração passada, por ser muito oneroso. Eu defendo a adequação de uma unidade existente ou ainda a cedência de um imóvel da prefeitura para atender nossas crianças. E que o funcionamento seja de 24 horas”.

Em uma enquete em suas mídias sociais, cerca de 80% dos que comentaram são a favor do retorno do Centro Pediátrico. “Só assim poderemos dar um atendimento digno para nossas crianças. Eu como pai, defendo o retorno do Centro Pediátrico, pois é inimaginável um pai ou uma mãe ver seu filho padecer por alguma enfermidade e não ter onde buscar atendimento. Se depender de mim continuarei lutando até que o Centro Pediátrico seja reativado”, finalizou.

Assessoria de Imprensa do Vereador 

 Ônibus de combate ao câncer de mama atendeu população do Vila Nasser durante ação social

No último sábado (12), o vereador João César Mattogrosso promoveu mais uma ação social “Parceiros da Cidadania”, desta vez destinada ao atendimento de mulheres da Vila Nasser e região. A ação contou com a participação do grupo Onça Pintada, que disponibilizou o ônibus de combate ao câncer.

A população foi atendida com exames de ultrassom, realizados na unidade móvel de atendimento que ficou disponível durante toda a manhã no Centro Esportivo da Vila Nasser.

Para Marilene Ferreira, moradora do bairro, a iniciativa do vereador favoreceu a comunidade pela rapidez. “Fui atendida muito rápido aqui. Minha vizinha está esperando há 10 meses para fazer um ultrassom”, declarou.

João César Mattogrosso ressalta que o “Parceiros da Cidadania”, tem o objetivo de atender a comunidade. “Todas as ações sociais que tenho promovido desde o início do meu mandato visam melhorar a qualidade de vida da população”, destaca o parlamentar.

O grupo Onça Pintada existe há 17 anos e o ônibus já percorreu 1,3 milhão de quilômetros em 60 dos 79 municípios do Estado. O Grupo também presta atendimento em sua sede no bairro Jardim Leblon, em Campo Grande. O atendimento é feito a cada 40 dias, quando são atendidas de 130 a 150 mulheres. Além das consultas, são oferecidos à população exames de mamografia e ultrassonografia.

Assessoria de Imprensa do Vereador

 

Indicação do Dr. Sami leva solução para buracos na rua que causavam transtorno à população

Os buracos nas vias de Campo Grande geram grande transtorno à população, principalmente diante do empecilho causado no fluxo de veículos e o risco de acidentes e danos aos carros.

O vereador Dr. Wilson Sami (MDB) tem atuado com grande atenção a este problema e na última semana, mais uma solicitação do vereador ao GAPRE (Gabinete do Prefeito) foi atendida e buracos que há tempos geravam transtorno a moradores e motoristas que trafegam pelo Jardim São Loureço foram tampados.

A ação ocorreu no cruzamento entre as ruas Tibiriçá e 7 de Setembro. “Vamos continuar nosso trabalho com olhar voltado a todos os setores que visam a segurança da população. Esse problema dos buracos nas ruas é grave e continuaremos solicitando solução urgente para a regiões mais afetadas”, avaliou Dr. Sami.

A população pode participar da gestão do vereador, enviando sugestões e indicações em prol de melhorias para a cidade. Basta levar o assunto até o gabinete do Dr. Sami na Câmara Municipal ou pelo e-mail: ereadorsami@camara.ms.gov.br.

Saiba mais – Para acompanhar o trabalho do vereador Dr. Wilson Sami na Câmara Municipal, acesse: facebook/wilsonsami e acompanhe as ações de todo o Legislativo Municipal no site www.camara.ms.gov.br

Assessoria de Imprensa do Vereador

Vereadores votam quatro Projetos na sessão desta terça-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande votam, na sessão ordinária desta terça-feira (15), quatro Projetos de Lei.

Em única discussão e votação será analisado o Projeto de Lei 8.877/18, de autoria do Executivo Municipal, que institui a gestão democrática e dispõe sobre a eleição direta para diretores e diretores adjuntos das unidades escolares e diretores dos centros de educação infantil da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande – MS.

Já em segunda discussão e votação serão analisados três Projetos. O Projeto de Lei 8.681/17, de autoria do vereador William Maksoud, que obriga a disponibilização de cadeira de rodas nos cemitérios públicos ou privados e capelas sediados na cidade de Campo Grande–MS.

Também o Projeto de Lei 8.770/17, de autoria do vereador Dr. Wilson Sami, que autoriza criação no âmbito da Secretaria Municipal de Educação, o curso pré-vestibular e preparatório para ingresso no ensino superior e concursos públicos e dá outras providências.

Por fim, o Projeto de Lei 8.799/17, de autoria do vereador Carlão, que institui no âmbito do município de Campo Grande, a valorização dos eventos de futebol amador ocorridos em campos de várzea na Capital, reconhecendo-os como patrimônio esportivo e dá outras providências.

Serviço – A sessão será realizada a partir das 9h no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, 1.600, bairro Jatiúka Park

Dayane Parron

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Câmara decreta luto pelo falecimento da esposa do presidente João Rocha

 É com muito pesar, que a Câmara Municipal de Campo Grande, em nome de todos os vereadores e assessores, comunica que está de luto devido ao falecimento da esposa do presidente da Casa de Leis, vereador Prof. João Rocha, Sra. Rosemary Costa da Rocha, que faleceu na noite deste domingo (13).

Em sinal de respeito, a Casa de Leis decretou luto oficial de três dias e as bandeiras na sede do Legislativo estão hasteadas a meio mastro.

Todos os parlamentares e funcionários da Casa de Leis manifestam suas condolências à família e amigos, na certeza de que Deus os consolará e confortará.

Apelidada carinhosamente pelos amigos e familiares como “guerreira”, por sua luta incansável contra o câncer há mais de 10 anos, Rose era reconhecida por todos por sua força, determinação e sorriso contagiantes. De acordo com Prof. João Rocha, “a minha amada e companheira, a nossa guerreira, descansou”.

O velório será realizado a partir das 8h30 nesta segunda-feira (14), no Cemitério Memorial Park, localizado na Rua Francisco dos Anjos, n. 670, Bairro Santa Branca. O sepultamento está previsto para as 17h30.

Casada com João Rocha há 40 anos, Rose, como era popularmente conhecida, era mãe de três filhos e avó de quatro netos, tinha 61 anos e nasceu na cidade de Mandaguari, no Paraná, mudando-se para Campo Grande em 1972.

Rose era graduada em Administração pela FUCMAT (Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso) e Educação Física pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Iniciou no Clube Rocha a modalidade de Ginástica Artística em 1984. Foi fundadora, em 1992, da Federação de Ginástica de Mato Grosso do Sul, sendo presidente em vários ciclos. Também foi professora na Rede municipal de ensino. Atuou como técnica da seleção feminina de Ginástica Artística do Estado por vários anos. Atuou também como Coordenadora Técnica do Centro de Formação de Atletas de Ginástica da Prefeitura desde 2009, além de participar da formação de diversos profissionais da modalidade.

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Vereador Delegado Wellington apresentou mais de 4.763 indicações ao longo do mandato

O Programa “Como está seu Bairro?” de autoria do vereador Delegado Wellington (PSDB) vem fazendo a diferença na vida da população campo-grandense, ao longo do mandato e por meio do programa, o parlamentar apresentou mais de 4.763 indicações nas sessões ordinárias da Câmara Municipal. Limpeza e manutenção de vias, iluminação pública e questões relacionadas ao trânsito lideraram o ranking de solicitações.

No mês de abril desse ano, por exemplo, foram 468 indicações sendo 147 solicitações para Limpeza e manutenção de vias perfazendo 31% das solicitações, já a iluminação pública teve 111 pedidos totalizando 24%, trânsito e vias públicas 93 pedidos sendo 20%. “É uma forma de aproximar a população do vereador e assim conhecermos quais as necessidades dos bairros da capital”, disse o vereador.

Dentre as solicitações dos 74 bairros visitados, o maior quantitativo de solicitações em abril foram no Recanto dos Rouxinóis, Jardim Leblon, Centenário, Aero Rancho e Estrela Dalva. Para a população que carece de atendimentos, o programa “Como está seu Bairro?” tem como objetivo ouvir dos próprios moradores os problemas que afetam seu bairro.

Todos os pedidos coletados pela equipe do vereador são armazenados num programa de computador que distribui as demandas conforme a área da solicitação com o quantitativo e porcentagem. Dessa forma, o vereador faz a indicação e ao mesmo tempo verifica qual a maior demanda de cada bairro.

O vereador deixa à disposição telefones, redes sociais e sua equipe para colherem todas as solicitações vindas da população. “Somos a voz do povo e como representante legal tenho que fazer meu papel e ajudar o cidadão que paga seus impostos e quer serviços públicos de qualidade e essenciais”, pontuou o vereador.

Gabinete Online – Nós queremos saber como está o seu bairro! Limpeza de terreno? Ideias para Projetos de Lei? Envie os pedidos de melhorias do seu bairro ao Gabinete Online do Vereador Delegado Wellington. Basta clicar no link a seguir e preencher os dados com as informações solicitadas: https://goo.gl/y1NEzx

Você pode enviar suas solicitações também pelo WhatsApp do gabinete: (67) 99222-4682, acessando a página no Facebook pelo endereço https://goo.gl/xTcZ51ou através do email: vereadordelegadowellington@gmail.com

Solange Mori
Assessoria de Imprensa do Vereador

“Criança não pode ser atendida por clinico geral, isso é um absurdo! Podem ocorrer erros de diagnósticos devido á complexidade da medicina infantil,” diz Dr Loester

Nesta quinta – feira (10) o Vereador Dr Loester Nunes de Oliveira (MDB) solicitou junto a Secretaria Municipal de Saúde, a SESAU, por meio de indicação, que se faça Processo Seletivo ou Concurso Público para convocação de mais pediatras nas Unidades Básicas de Saúde. Segundo a Assessoria de comunicação da Sesau, neste semestre foram convocados 668 médicos pelo cadastro reserva e desta convocação foram chamados apenas 51 pediatras.

Na semana passada em entrevista a Rádio FM 92,3 uma ouvinte perguntou ao vereador se era certo Clinico Geral atender crianças nas UBS, em resposta ele disse: “Criança não pode ser atendida por clinico geral, isso é um absurdo! Podem ocorrer erros de diagnósticos devido á complexidade da medicina infantil e a população não deve aceitar isso. As crianças chegam nos postos com febre, dores de garganta, que, aos olhos de um clínico geral podem ser apenas doenças simples, de fácil diagnóstico, porém, muitas vezes essas “doenças” são apenas sintomas de algo mais grave, o que é de fácil diagnóstico para um especialista, “ afirma o médico parlamentar.

Recentemente, a Sesau editou uma resolução no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) que determina o atendimento de crianças por médicos clínico geral nas unidades de saúde que não contarem com médicos pediatras, a previsão de atendimento pelo clínico ocorrerá quando a criança for classificada como “amarelo” ou “vermelho”, ou seja, em casos de urgência e emergência.

Ainda segundo o texto, o médico clínico geral deverá elaborar uma carta de encaminhamento para outra unidade que conte com um pediatra. Neste documento, o profissional deverá colocar todas as informações, como quadro da criança e a classificação de risco.

Para o Conselho Regional de Medicina, o pediatra o profissional com formação e conhecimento do processo de crescimento e desenvolvimento deve ser o responsável pelo atendimento médico da criança e do adolescente, nos três níveis de atenção: primária, secundária e terciária. E as instituições que anunciarem a existência de plantões estão obrigadas a manter o profissional na especialidade anunciada, durante toda a jornada do plantão, no âmbito da instituição.

Segundo Dr Loester, o problema da falta de pediatras nas unidades de saúde da Capital é causado por deficiências na administração, o município não deveria oferecer um atendimento paliativo, que pode inclusive ser prejudicial às crianças, ainda mais em atendimentos emergenciais, como propôs a Sesau.

Andréa Barros
Assessoria de Imprensa do Vereador

 

Veterinário Francisco cobra ações antidrogas na região central da Capital

O vereador veterinário Francisco (PSB) cobrou maior atenção da segurança pública com policiamento e ações da assistência social nos cruzamentos da avenida Ernesto Geisel com a avenida Mato Grosso e Afonso Pena ,região central de Campo Grande.” Esses locais são o meu caminho para ir para casa e vejo todos os dias usuários consumindo drogas durante o dia” explica o parlamentar.

Segundo o veterinário Francisco, no local tem até um cadeirante que vende drogas e não é feito nenhuma ação para combater esse problema que destrói famílias como aconteceu com o pedreiro Antônio Marcos Rodrigues de Souza, 34 anos, que morreu ao tentar defender uma jovem que estava sendo assaltada por um usuário de drogas.

O Estudante universitário Marcelo Moreira, 21 anos, que mora próximo da Avenida Ernesto Geisil com a Afonso Pena explica que usuários de drogas, traficantes e pedintes e normal na região. “Eu volto à noite da faculdade e sempre tem usuários e pedintes no local. Ainda não fui assaltado acho que porque eles sabem que moro aqui perto, mas é perigoso. Sempre escuto que teve gente roubada aqui nas redondezas quando voltam para casa da faculdade”, explica.

A Polícia Militar informou que faz rondas freqüentes na região e vai intensificar os trabalhos na região.

Operação

A Polícia Civil por meio da 1° Delegacia de Campo Grande fez uma operação onde abordou 200 e identificou e fichou 108 pessoas. Eles foram cadastrados, fotografados e todas as informações serão reunidas em um álbum com as imagens de todos eles para que possam ser identificados. A ação tem como objetivo reduzir os índices de furtos na área central.  

Eduardo Penedo

Assessoria de Imprensa do Vereador 

 

Vereador apresenta indicações após acompanhar necessidades dos bairros da Capital

Em constante visita aos bairros de Campo Grande, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) acompanha de perto os pedidos da população para realizar os encaminhamentos na Casa de Leis. Na 24ª Sessão Ordinária, realizada nesta quinta-feira (10), o vereador apresentou solicitações de melhorias para infraestrutura, trânsito e iluminação pública.

No trânsito da Capital, as solicitações são para instalação de redutores de velocidade e revisão da sinalização nos bairros Jardim Paulista, Moreninha I e Vila Nasser.

Quanto à infraestrutura, João César Mattogrosso solicitou cascalhamento e patrolamento em diversas ruas do Jardim Colúmbia, onde também realizou reunião com os moradores. Na Vila Sobrinho, a solicitação é para realização de um estudo de viabilidade para instalação de uma academia ao ar livre.

Outras solicitações recorrentes são os pedidos de iluminação pública, que contemplam os bairros Jardim Monte Alegre, Santa Fé e Vila Margarida.

O vereador João César Mattogrosso ressalta que está intensificando o trabalho nos bairros, pois há uma grande demanda. “A cada visita que faço é possível perceber que há um aumento expressivo de solicitações, pois realmente há muito para ser feito por nossa população e estou à disposição para trabalhar por cada cidadão”, destacou.

Além de acompanhar os pedidos dos moradores, o parlamentar também reuniu-se com o prefeito Marquinhos Trad, para discutir melhorias para as regiões que têm visitado.

Chama o João! – Para chamar o vereador João César Mattogrosso basta entrar em contato pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045. O aplicativo “Chama o João” também está disponível gratuitamente na Play e App store, onde a população pode fazer indicações e solicitar a presença do parlamentar.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Vereador Chiquinho Telles comemora decisão do TJMS que suspende a tarifa mínima de água e esgoto dos campo-grandenses

O vereador Chiquinho Telles (PSD) comemorou a decisão do TJMS, que mais uma vez, suspende a cobrança da tarifa mínima aplicada sobre a conta de água e esgoto dos campo-grandenses.

Chiquinho Telles, o líder do prefeito na Câmara Municipal, usou a palavra livre durante a sessão ordinária desta quinta-feira (10), para reafirmar que o fim da taxa mínima da água é uma promessa cumprida do prefeito Marquinhos Trad (PSD), que instituiu o decreto nº 13.312/17 que prevê a redução gradativa da tarifa até sua extinção em 2019.

O parlamentar lembrou que a tarifa onera principalmente os moradores dos bairros de periferia da capital: “Para as pessoas mais simples da periferia, a tarifa mínima faz uma diferença enorme na conta de água”, pontuou. “Quanto a última decisão judicial, trata-se da vitória da população e uma luta desta Casa com o prefeito Marquinhos Trad”, afirmou em sua declaração na tribuna da Câmara.

A maioria dos vereadores presentes no plenário manifestou apoio à declaração de Chiquinho Telles, que aproveitou para relembrar os grandes avanços da atual administração municipal, tais como: “Asfaltamento do bairro Nova Lima; a conclusão de várias creches Ceinfs; operações tapa-buracos; a troca das luminárias públicas, com previsão de instalação de oito mil trocas ao mês; e ainda, a entrega da Clinica da Família, prevista para o próximo aniversário da capital”.

A tarifa mínima, suspensa desde ontem, tinha o valor de R$ 75 e era aplicada sobre conta de quem gastava de 0 a 10 m³ (metros cúbicos) de água por mês, o consumidor pagava, inclusive na hipótese de nada consumir.

A questão foi judicializada, e em dezembro de 2017 a empresa Águas Guariroba conseguiu na Justiça a suspensão do decreto. A prefeitura recorreu e conseguiu reverter a decisão, porém, dias depois a concessionária interpôs recurso que mais uma vez requeria a suspensão do decreto, acolhido o recurso, a tarifa permaneceu até quarta-feira (09), quando o Tribunal de Justiça do MS proferiu decisão a favor do município.

Assessoria de Imprensa do Vereador

João César Mattogrosso prestigia parceria que beneficia 352 famílias com a casa própria em Campo Grande

O sonho da casa própria tornou-se realidade para 352 famílias na noite da última quarta-feira (9), em Campo Grande. Esta realização ocorreu graças aos recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS), no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, que contempla os projetos habitacionais da Capital pela primeira vez na história. A solenidade de assinatura dos contratos ocorreu na quadra de esportes da Escola Estadual Joaquim Murtinho.

Foram atendidas famílias com renda familiar mensal de até R$ 1.800,00. Os investimentos são frutos da parceria entre os poderes municipal, estadual e federal, sendo R$ 38,6 milhões, que corresponde a R$ 5,16 milhões do governo estadual e R$ 358,8 mil da prefeitura.

Entre os contemplados, está a família da dona de casa Rosa Pereira da Silva, que comemorou a conquista: “A minha vontade era abrir uma champanhe para comemorar, de tanta felicidade em receber a nossa casa”. Ela e o marido ressaltaram ainda o apoio do Governo do Estado, “agradeci o governador pela atitude e o parabenizei pelo que tem feito para o nosso Estado”, afirmou o pintor aposentado Airton da Silva.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ressaltou o compromisso do governo em dar acesso de moradias dignas às famílias. “Quando a gente constrói parcerias a gente consegue diminuir os problemas vivenciados pela sociedade. E esse programa é muito interessante porque o cidadão assina o contrato e acompanha a evolução da obra junto com a empresa que vai edificar”, afirmou.

Já o prefeito Marquinhos Trad (PSD) destacou o contentamento em realizar as entregas das residências. “A gente participa de vários eventos, mas nenhum me traz mais alegria e contentamento do que as cerimônias de entrega de residências. Até porque, no mundo de hoje, o que deveria ser o teto sagrado de todos nós, é algo inalcançável para a grande maioria das pessoas”, declarou.

O superintende da Caixa Econômica Federal, Evandro Narciso, falou da satisfação em estar promovendo a assinatura dos contratos dos empreendimentos. “São 352 famílias. Em torno de 1,5 mil pessoas que em 24 meses estarão recebendo a chave de suas casas, mas que a partir de hoje passam a ser proprietário do direito de morar. Aqui temos a inserção de recursos do governo federal e a parceria entre a Prefeitura de Campo Grande e o Governo do Estado do Mato Grosso do Sul”, frisou.

Representando a Câmara a Municipal de Campo Grande, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) salientou o compromisso do legislativo em lutar por condições dignas para cada cidadão. “Nossa Capital voltou a crescer, pois atualmente trabalhamos harmonicamente em prol do bem-estar social e a qualidade de vida de todos os cidadãos. Esta entrega de novas residências reflete este compromisso”, ressalta o parlamentar.

De acordo com a Emha (Agência Municipal de Habitação), responsável pelos empreendimentos, há cinco anos a construção de unidades habitacionais sociais estava ‘congelada’ em Campo Grande. A entidade selecionada para conduzir os empreendimentos será a Conssol (Sistema Integrado de Economia Solidária). Serão 352 novas moradias, sendo 160 unidades a serem construídas no condomínio residencial Jardim Mato Grosso e 192 moradias no condomínio residencial Armando Tibana.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Vereadores votam sete Projetos na sessão desta quinta-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande votam, na sessão ordinária desta quinta-feira (10), sete Projetos de Lei.

Em segunda discussão e votação serão analisados quatro Projetos de Lei. O Projeto de Lei 8779/17, que dispõe sobre a criação do “Programa Servidor Público Recicla” no município de Campo Grande-MS e dá outras providências. A proposta é de autoria do vereador Dr. Loester.

Também o Projeto de Lei 8.781/17, que institui a criação da Campanha Dezembro Verde – Não ao Abandono de Animais no município de Campo Grande – MS. A proposta é de autoria do vereador Lucas de Lima.

O Projeto de Lei 8.848/18, que institui o Dia Municipal do Jiu-Jitsu no âmbito do município de Campo Grande – MS. A proposta é de autoria do vereador Chiquinho Telles.

E, ainda, o Projeto de Lei 8.857/18, que denomina de “Dona Maria Bezerra” a Rua Pirassununga, localizada no Bairro Aero Rancho, em nossa Capital. A proposta é de autoria da vereadora Enfermeira Cida Amaral.

Já em primeira discussão e votação serão analisados mais três Projetos de Lei. O Projeto de Lei 8.681/17, que obriga a disponibilização de cadeira de rodas nos cemitérios públicos ou privados e capelas sediados na cidade de Campo Grande–MS. A proposta é de autoria do vereador William Maksoud.

Também o Projeto de Lei 8.770/17, que autoriza criação no âmbito da Secretaria Municipal de Educação, o curso pré-vestibular e preparatório para ingresso no ensino superior e concursos públicos e dá outras providências. A proposta é de autoria do vereador Dr. Wilson Sami.

Por fim, o Projeto de Lei 8.799/17, que institui no âmbito do município de Campo Grande, a valorização dos eventos de futebol amador ocorridos em campos de várzea na Capital, reconhecendo-os como patrimônio esportivo e dá outras providências. A proposta é de autoria do vereador Carlão.

Palavra Livre – A sessão contará ainda com a participação da Drª Maria Calin Zanetti, psicanalista clínica, pedagoga e especialista em educação, representando a Escola de Pais do Brasil – Seccional de CG/MS, que discorrerá sobre “Escola de Pais: Educando os Pais, os filhos e Educadores na Formação de Verdadeiros Cidadãos”. O convite foi feito pelo vereador André Salineiro.

Dayane Parron

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Solicitações de troca de lâmpadas e tapa buracos são destaques das indicações do Vereador Valdir Gomes para o Executivo Municipal

Buscando melhorias para Capital, o parlamentar tem encaminhado várias solicitações de melhorias para providências do Executivo Municipal. O destaque são os pedidos de troca de Lâmpadas e tapa buracos.

Entre os Bairros que precisam de atenção do poder público municipal estão:

1.A sinalização adequada na Avenida Três Barras em toda sua extensão na Vila Vilas Boas CEP: 79051-290.

2.O recapeamento da Rua Indianápolis em toda sua extensão no Jardim Noroeste CEP: 79045-120.

3.O recapeamento da Rua Osasco em toda sua extensão no Jardim Noroeste CEP: 79045-301.

4.A troca de Lâmpada na Rua Espírito Santo esquina com a Rua Quinze de Novembro no Jardim dos Estados CEP: 79020-080.

5.A troca de Lâmpada na Rua Spipe Calarge em frente ao posto Small N°2410 no Jardim TV Morena CEP: 79050-261.

6.A troca de Lâmpada na Rua Paraisópolis N°389 na Vila Santo Eugênio CEP: 79060-550.

7.O serviço de tapa buraco na Rua Lúcia dos Santos N°296 no Parque do Sol CEP: 79075-104.

8.O serviço de tapa buraco na Rua Santa Quitéria em frente aos N° 80 e 1925 no Jardim Centenário.

9.O serviço de tapa buraco na Rua Cadiz N°774 na Vila Alba CEP: 79100-420.

10.A manutenção da lâmpada na Avenida Fernando Corrêa da Costa N°1692 na Vila Rosa Pires CEP: 79004-311.

11.A sinalização adequada na Rua Botucatu N°349 no Bairro Cohafama CEP: 79006-780.

12.A poda de árvores na Avenida Europa N°216 no Jardim Jacy CEP: 79006-260.

13.A troca de Lâmpada na Rua Aloísio Gentil Branco N°275 no Conjunto Aero Rancho CEP: 79084-084.

14.A troca de Lâmpada na Rua Caratinga N°157 no Bairro Guanandi II CEP: 79082-105.

15.A troca de Lâmpadas na Avenida Bandeirantes N°2718 na Vila Bandeirante CEP: 79006-000.

16.A troca de Lâmpadas na Avenida Bandeirantes N°2150 na Vila Bandeirantes CEP: 79006-000.

17.A troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°2010 na Vila Bandeirantes CEP: 79006-000.

18.A troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°1710 no Bairro Vila Bandeirantes CEP: 79006-000.

19.A troca de Lâmpada na Rua Salim Maluf N°52 na Vila Bandeirante CEP: 79006-450.

20.A troca de Lâmpada na Avenida Bandeirantes N°1578 esquina com a Rua Vicente Solare na Vila Bandeirante CEP: 79006-000.

21.O serviço de tapa buraco na Rua Damianópolis N°645 esquina com a Rua Bromélia no Jardim Aero Rancho CEP: 79083-500.

22.O recapeamento da Rua Nicomédes Vieira de Rezende na Vila Vilas Boas CEP: 79051-251.

23.O serviço de Patrolamento e Cascalhamento na Rua Abílio Soares em toda sua Extensão no Jardim Itatiaia CEP: 79042-160.

24.O recapeamento da Rua José Nogueira Vieira em toda sua extensão no Bairro Tiradentes CEP: 79042-010.

25.Um estudo técnico para retirada de um ponto de ônibus em frente a residencia na Rua Genebra N°204 na Vila Margarida CEP: 79023-380.

26.O serviço de tapa buraco na Rua Paraíso em toda sua extensão na Vila Margarida CEP: 79023-190.

27.A Limpeza de calçada na Avenida Presidente Castelo Branco esquina com a Avenida Coronel Antonino CEP: 79010-600.

28.O serviço de tapa buraco na Rua Dezenove de Abril em toda sua extensão na Vila Margarida CEP: 79023-220.

29.A retirada de lixo da Rua Dezenove de Abril ao lado do N°152 na Vila Margarida CEP: 79023-220.

30.A retirada de lixo do ponto de ônibus na Avenida da Capital em frente ao N°1110 no Bairro Vila Rica CEP: 79022-180.

31.A retirada de lixo na Rua Várzea Grande N°58 na Vila Margarida CEP: 79023-180.

32.O serviço de tapa buraco na Rua José Bonifácio N°751 na Vila Planalto CEP: 79009-010.

33.O serviço de tapa buraco na Rua Santos Dumont N°187 no Bairro Cabreúva CEP: 79008-560.

34.A Limpeza de terreno na Rua Doutor Dolor Ferreira de Andrade ao lado do N°1027 no Bairro Monte Castelo CEP: 79010-140.

35.O serviço de tapa buraco na Rua João Pedro Pedrossian N° 320 na Vila Taveirópolis CEP: 79090-040.

36.O serviço de tapa buraco na Avenida Capibaribe N°198 na Vila Sílvia Regina CEP: 79102-470.

37.O serviço de tapa buraco na Rua Antônio Carlos Martins N°73 na Vila Planalto CEP: 79009-090.

38.O recapeamento da Rua José Nogueira Vieira em toda sua extensão no Bairro Tiradentes CEP: 79042-010.

39.O recapeamento na Avenida Ministro João Arinos em toda sua extensão no Bairro Chácara Cachoeira CEP: 79040-335.

40.O recapeamento da Rua Cayova em toda sua extensão no Jardim Bela Vista CEP: 79003-150.

41.O serviço de Patrolamento e Cascalhamento nas Ruas Dom Fernandes Sardinha, Dr Fause Saueia, Isolino Alves Espinosa, Luiz Vasconcelos, YJuca Pirama, Arthur Pires em toda extensão Jardim Los Angeles CEP 79073-200.

42.O serviço de tapa buraco na Rua Lúcia dos Santos em toda a sua extensão parque do Lageado CEP 79075-104.

43.O serviço de tapa buraco na Rua Luiz Gustavo Ramos Arruda em toda sua extensão Jardim Los Angeles CEP 79075-400.

44.O serviço de tapa buraco na Rua Avenida dos Cafezais por toda a sua extensão Jardim Los Angeles CEP 79073-722.

45.o serviço de tapa buraco na Rua Afonso Celso em toda a sua extensão no Jardim Los Angeles CEP:79073-267.

46.o serviço de tapa buraco na Rua: Manoel Pereira de Souza, em toda sua extensão no jardim Los Angeles CEP: 79073-261.

O vereador criou uma linha direta para atender a população (Alô Valdir) que pode fazer solicitações pelo número (67) 3316-1537, “Nós vereadores somos a linha direta entre o Executivo para as demandas da população de Campo Grande”, disse o Vereador Valdir Gomes.

Regulamentação da lei anticorrupção, de autoria do Dr. Lívio, deve ser sancionada este mês

Após um ano e meio de espera, a lei 5.761/2016, de autoria do vereador Dr. Lívio (PSDB), que trata de medidas anticorrupção, deverá sair do papel. A informação foi dada durante uma visita do gabinete do parlamentar à Superintendência de Comunicação Social da prefeitura. Um ato solene deverá ser marcado, ainda este mês, para divulgar as ações que serão colocadas em prática.

A lei, aprovada por unanimidade, prevê a aplicação de percentuais mínimos de publicidade (não inferiores a 5%) pelo Município em ações e programas para prevenir a prática de atos de corrupção. “Isso significa investimentos não só em marketing, mas também em treinamento de funcionários públicos em procedimentos contra a corrupção, o estabelecimento de códigos de ética, a realização de programas de conscientização e pesquisas em escolas e universidades, a criação de um canal de denúncias de casos de corrupção, e outras ações viáveis”, explica o vereador.

Vale ressaltar que as ações e os programas a serem implementados deverão fomentar a ética e obedecer ao que prevê o artigo 37 da Constituição Federal, de modo que a publicidade e as campanhas, nesse caso contra a corrupção, não configurem propaganda institucional de governo ou realizações de ordem pessoal de governantes, agentes públicos ou quaisquer órgãos da administração pública.

Os detalhes da execução da lei serão expostos pela prefeitura, responsável pela regulamentação. Mas a notícia de que a mesma já obteve parecer favorável da procuradoria-geral do município e de que está em vias de ser aplicada, já representa um ganho para a sociedade, de acordo com Dr. Lívio. Dessa forma, Campo Grande será a primeira capital do país a contar, na prática, com ações anticorrupção, defendidas pelo vereador mesmo antes das medidas que vem sendo preconizadas em uma campanha nacional do Ministério Público Federal (MPF) – os detalhes podem ser conferidos em http://www.dezmedidas.mpf.mp.br.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Postos de Saúde poderão aumentar o atendimento com médicos residentes

A rede municipal de saúde pública poderá aumentar o programa de residência médica, se aprovado o Projeto de Lei de autoria do vereador Odilon de Oliveira (PDT), que autoriza o Poder Executivo a firmar convênios com as instituições de saúde, universitárias ou não.

O Projeto ainda garante que os residentes que prestarem os serviços, mediante comprovações, terão vinte por cento das vagas nos processos seletivos de residência médica, pós-graduações e concursos realizados pela instituição que firmar convênio com a Prefeitura.

O vereador Odilon acredita que a ideia do projeto é aumentar a quantidade e melhorar a qualidade do atendimento médico nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e no Programa Saúde da Família. “Eu recebo diariamente reclamações de usuários pela falta de atendimento médico, então o projeto vem para tentar amenizar esse problema. Uma vez que a residência é para aprimoramento desses futuros profissionais”, relata.

Para receber o certificado de atuação, o residente terá que ter atuado durante dois anos de trabalho em algum dos programas criados por meio dos convênios, mediante avaliação mensal por meio de relatórios assinados pelo médico gestou ou responsável, definidos pela Secretaria Municipal de Saúde Pública.

Kiohara Schwaab

Assessoria de Imprensa do Vereador

Junior Longo cobra informações sobre redução de ônibus em bairros da Capital

O vereador Junior Longo (PSB) apresentou na Sessão ordinária desta terça-feira (08) requerimento solicitando ao Consórcio Guaicurus esclarecimento sobre a redução no número de ônibus que atendem alguns bairros na Capital.

De acordo com o parlamentar vários passageiros que moram em bairros diferentes o procurou para denunciar a diminuição de ônibus em algumas linhas que fazem, em sua maioria, a linha centro/ bairro, dificultando o direito de ir e vir das pessoas que não possuem condução própria para se locomover.

“São trabalhadores, estudantes, mães buscando atendimento médico para seus filhos, que nos procurou para reclamar. Antes havia três, quatro ônibus atendendo a linha, agora tem dois, em alguns bairros só um. Esperar mais de 2 horas para poder pegar um ônibus? Se o compromisso não tem horário, já é ruim, imagina se tem horário? Tem que sair de casa com quantas horas de antecedência?”, indaga o Junior Longo que preside a Comissão Permanente de Transporte e Trânsito.

Na noite de segunda-feira (07) Junior Longo participou da Sessão Ordinária do Conselho Regional do Segredo, a convite do presidente José Geraldo Balejo Jara. Durante o encontro as lideranças também apontaram a redução do número de ônibus nas linhas que atendem os bairros: Seminário, Monte Castelo, São Francisco, Cruzeiro e Cabreúva. Além de parte dos bairros: Mata do Segredo, Nasser, Coronel Antonino, Nova Lima, Novos estados, Mata do Jacinto, Margarida, Sobrinho, Planalto, Centro, Autonomista, Santa Fé, Jardim dos Estado e Amambaí.

O requerimento apresentado pelo vereador cobra justamente uma explicação sobre quais linhas sofreram essa diminuição e qual o motivo levou o Consórcio em reduzir a frota.

“Com a diminuição dos ônibus, outra reclamação dos passageiros é a superlotação. Literalmente as pessoas acabam virando sardinhas dentro do transporte coletivo. Vamos cobrar explicações e providências”, pontuou o parlamentar.

Assessoria de Imprensa do Vereador 

  

Enfermeira Cida Amaral pede aumento no quadro médico e reforço nos medicamentos para UBS Piratininga

Com o intuito de minimizar a deficiência da saúde pública, que se instalou em Campo Grande, a vereadora Enfermeira Cida Amaral vem buscando melhorias nos serviços da saúde direcionados à população. Sempre fiscalizando e solicitando o empenho do executivo para suprir as necessidades das pessoas que utilizam a saúde pública da Capital. Nesta terça-feira (08), durante sessão na Casa de Leis, a vereadora Cida Amaral, solicitou vários serviços voltados para a saúde.

A vereadora Enfermeira Cida Amaral solicitou à SESAU (Secretaria Municipal de Saúde Pública), o reforço nos medicamentos para a UBS (Unidade Básica de Saúde) “Dr. Nicolau Fragelli” na Vila Sobrinho. Além de solicitar reforço de médicos, clínico geral e pediatra para a UBS “Dr. Jorge David Nasser”, na vila Piratininga.  Para a mesma UBS, foi solicitado reforço no medicamento “Losartana”, destinado ao tratamento de hipertensão.

Construção de UPA

A vereadora Enfermeira Cida Amaral solicitou à SISEP (Secretaria Municipal de Infraestrutura de Serviços Públicos), o estudo de viabilidade técnica para a construção de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para a região do bairro Jockey Club.

Profissional de Radiologia

A vereadora solicitou para a SESAU (Secretaria Municipal de Saúde Pública), um profissional técnico, da área da radiologia para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Santa Mônica II.

Centro de Educação Infantil

Os moradores do bairro Santa Mônica II, solicitou à vereadora Cida, a possibilidade de construção de um Centro de Educação Infantil. Atendendo as solicitações, a vereadora fez a indicação ao executivo para o necessário estudo de viabilidade técnica.

Outras Indicações

Durante a sessão foi solicitado pela vereadora Enfermeira Cida Amaral, outros serviços para toda a população de Campo Grande. Umas das solicitações são: Troca de lâmpadas, reforço nas rondas policiais, limpeza de calçada, limpeza de terreno, encascalhamento e patrolamento, operação tapa buraco e poda de árvore, viabilidade técnica para a implantação de rede de esgoto, construção de uma academia ao ar livre e pavimentação asfáltica.

Entre os bairros contemplados com as indicações estão: Santa Mônica, Jockey Club, Vila Sobrinho, Vila Marcos Roberto e Piratininga.

As indicações são o instrumento do Poder Legislativo para informar ao Poder Executivo e provocar melhorias para a cidade. Para encaminhar sua solicitação ligue no gabinete da vereadora Enfermeira Cida Amaral, telefone: (67) 3316-1531.

Maria Pereira – DRT 1274/MS

Assessoria de Imprensa da Vereadora

Fotógrafo: Kayron Rodrigues 

 

Aprovado Projeto para inclusão de pessoas com deficiência nas escolas de autoria do vereador Prof. João Rocha

Em segunda discussão e votação, foi aprovado na sessão desta terça-feira (8), o Projeto de Lei 8.654/17, de autoria do presidente da Casa de Lei, Prof. João Rocha, que dispõe sobre o programa de ações integradas para indicação de recursos de tecnologia assistiva para os alunos com deficiência, nos estabelecimentos da Rede Municipal de Ensino do município de Campo Grande-MS.

De acordo com o texto do Projeto, o objetivo é garantir o direito de igualdade de condições para o acesso e permanência na escola de todos os alunos, indistintamente, conforme princípio constitucional previsto no inciso I do artigo 206 e inciso III do artigo 208 da Constituição da República Federativa do Brasil, artigos 58 e 59 da Lei Federal 9.394 de 20 de dezembro de 1996 e artigos 27, 28, 53, 55 e 74 da Lei Federal 13.146 de 06 de julho de 2015.

Para o autor do Projeto, vereador Prof. João Rocha, as escolas inclusivas devem possibilitar além do ambiente físico acessível, a participação dos alunos nas diversas atividades escolares. “As características dos espaços escolares, do mobiliário e de recursos podem aumentar as dificuldades para a realização de atividades, o que leva a situações de exclusão. A inclusão escolar implica em uma profunda transformação nas escolas que passam a considerar as diferenças individuais dos alunos, como também a eliminação das barreiras que possam impedir que todos aprendam juntos com plena participação sem discriminação e preconceito”, afirmou.

“Não se pode aceitar que hoje, com o advento das pesquisas na área de atividade física e saúde, uma pessoa seja excluída da prática regular de exercícios por apresentar alguma deficiência. Então é preciso que seja trabalhada a inclusão de crianças ou adultos com alguma necessidade especial, utilizando da Educação Física Adaptada como meio de participação das pessoas com deficiência nas atividades físicas escolares. Desta forma, o Programa visa primeiramente integrar a pessoa com deficiência a comunidade, promovendo assim a sua cidadania”, defendeu.

O Projeto segue para sanção do Prefeito.

Assessoria de Imprensa do Vereador

 

Jardim Bela Vista é contemplado com tapa-buraco após indicação de João César Mattogrosso

Procurado por moradores do Jardim Bela Vista, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) encaminhou solicitação de tapa-buraco para região e teve o pedido atendido.

Após receber a solicitação de moradores da Rua Conchas para operação tapa-buraco, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) solicitou providências à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep) e acompanhou o andamento até o atendimento da demanda.

De acordo com o parlamentar, este atendimento reflete o intenso trabalho realizado junto ao Executivo. “Estou presente nos bairros e recebendo diversas demandas, das quais faço questão de analisar, encaminhar e acompanhar o andamento no Poder Executivo”, destacou ao reforçar o compromisso com a população.

Faça sua indicação – Para fazer uma indicação basta entrar em contato com o vereador pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045.

Também é possível indicar de qualquer lugar, basta baixar o app “Chama o João” gratuitamente pela Apple e Play Store e enviar o pedido.

Assessoria de Imprensa do Vereador

 

Gabinete Ativo: equipe do vereador João César Mattogrosso esteve nos bairros no último fim de semana

Com foco na população, o mandato do vereador João César Mattogrosso (PSDB) está pautado no contato direto com os bairros, acompanhando eventos de interesse social e fazendo o levantamento das demandas em todas as regiões da Capital.

No último final de semana, o gabinete do parlamentar esteve presente em importantes ações que atenderam a população. A primeira delas foi a campanha “Farmacêuticos em Ação – Mais Saúde Para Você”, no Nova Lima. Além disso, também estiveram presentes em uma reunião com idosos da Vila Popular.

Em apoio à iniciativa do Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul (CRF-MS), a equipe do vereador João César Mattogrosso esteve no evento “Farmacêuticos em Ação – Mais Saúde Para Você”, realizado no último sábado (5), na Paróquia Nossa Senhora das Graças, no bairro Nova Lima.

Foram oferecidos diversos serviços para população, sendo: aferição de pressão, teste de glicemia capilar, orientação sobre o uso correto de medicamentos, recolhimento de medicamentos vencidos, consultório farmacêutico, orientação de farmacêuticos hospitalares, atuantes na área oncológica e medicamento magistral (manipulados) e atendimento especializado à saúde indígena.

Ainda no sábado, a equipe do vereador esteve com um grupo de idosos da Vila Popular, acompanhando os pedidos de melhorias para o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro. A principal solicitação é para o aprimoramento das atividades destinadas aos idosos e a instalação de uma academia ao ar livre no local.

O vereador João César Mattogrosso também visitou a Vila Popular na última sexta-feira (4), onde conversou com diversos moradores e acompanhou o atendimento da limpeza na obra do Ceinf. “Fizemos a indicação para limpeza e retomada das obras do Ceinf do bairro, pois o local estava em situação de abandono e causando insegurança para população por ter se tornado abrigo para usuários de droga”, destacou o parlamentar.

Além das visitas, o parlamentar também tem recebido pedidos pelas redes sociais. Todas as solicitações são analisadas e encaminhadas para providências do Executivo Municipal.

O gabinete do vereador segue à disposição da população, a fim de encaminhar de forma eficiente, eficaz e transparente todas as demandas.

Chama o João! – Para chamar o vereador João César Mattogrosso basta entrar em contato pelo facebook ou instagram (@jcmattogrosso) ou pelo WhatsApp (67) 99904-4045. O aplicativo “Chama o João” também está disponível gratuitamente na Play e App store, onde a população pode fazer indicações e solicitar a presença do parlamentar.

Assessoria de Imprensa do Vereador

 

Em entrevista, vereador Delegado Wellington destaca importância da participação da sociedade na construção do novo Plano Diretor de Campo Grande

Em entrevista nesta segunda-feira (07), às 12h, no Programa Capital Meio Dia, da Rádio FM Capital 95.9, o vereador Delegado Wellington falou da importância da participação de toda a sociedade nos debates para os ajustes do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Campo Grande, Projeto de Lei Complementar 551/2017, de autoria do Executivo Municipal que traça diretrizes do desenvolvimento urbano estrutural da cidade. “É importante que a população participe e ajude na construção do plano, tivemos várias audiências desde novembro de 2017 e a representatividade da população foi ínfima, isso nos preocupa, já que estamos falando de um documento que será o norteador para o desenvolvimento da Capital dos próximos 10, 20, 30 anos”, disse o vereador.

O destino de Campo Grande nas próximas décadas está em jogo com a construção do novo Plano Diretor, apesar do caráter técnico, é um assunto de importância vital para toda a população e seria fundamental que a participação do cidadão fosse efetiva. “O último Plano Diretor foi implantado em 2006, depois disso, várias revisões foram feitas e agora estamos debatendo o novo plano que decidirá o rumo que a Capital vai tomar. É por meio desse plano que são definidas as diretrizes que afetarão toda a rotina urbana dos próximos anos, a participação da sociedade é primordial”, justificou o vereador.

O parlamentar explanou sobre Segurança Pública, Educação, Saúde e outros pontos que não estão abordados no documento, reforçou mais uma vez, a questão do planejamento ordenado, a preservação ambiental e a equidade social da população. “Não podemos excluir políticas setoriais importantes que são diretamente afetadas com o crescimento urbano e, isso infelizmente não está descrito nesse projeto”, destacou.

Todas as áreas são afetadas com o crescimento urbano, alta concentração de pessoas num local exigirá mais escolas, mais postos de saúdes, mais ciclovias, mais vias de acesso, e a visão futurista dessas ações devem ser elencadas nesse documento, por isso a necessidade de debate entre os poderes e a população. Os debates ainda continuam até a aprovação do plano previsto para este ano.

Plano  – O Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Campo Grande – (PDDUA) é o instrumento básico da política de desenvolvimento urbano nos termos do art. 182 da Constituição Federal. Seu objetivo é ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e garantir o bem-estar de seus habitantes, no âmbito urbano e rural, sob o aspecto urbanístico, ambiental, social, cultural, econômico e administrativo, englobando o território do município.

Solange Mori
Assessoria de Imprensa do Vereador

CÂMARA APROVA PROJETO DE SALINEIRO PARA ISENÇÃO A IDOSOS E DEFICIENTES EM VAGAS DE ESTACIONAMENTO CONVENCIONAIS

O projeto que prevê isenção para idosos e pessoas com deficiência nas vagas de estacionamento convencionais foi aprovado em segunda votação pelos vereadores e agora aguarda avaliação do prefeito. Atualmente, existe isenção para idosos e deficientes apenas nas vagas exclusivas. A proposta é dos vereadores André Salineiro, Valdir Gomes, Wilson Sami e Pastor Jeremias Flores.

O vereador André Salineiro faz um comparativo e lembra que a gratuidade nos ônibus para idosos e deficientes é em qualquer assento. “Então, por que é diferente nas vagas de estacionamento? Acredito que é um direito deles utilizarem qualquer vaga gratuitamente, em especial se aquelas reservadas já estiverem ocupadas”, argumenta.

Segundo Salineiro, caso o projeto vire lei, terão isenção ao estacionar em qualquer vaga com parquímetro apenas aqueles que portarem o Cartão de Estacionamento de Vaga Especial, que deve ser colocado sobre o painel do veículo ou em local visível para a fiscalização. O usuário da vaga deve apresentar o cartão e documento de identidade à autoridade de trânsito, sempre que solicitado.

Foto: Izaías Medeiros/CMCG    /  Assessoria: Caroline Maldonado

PARA EVITAR CONTRATO DE GAVETA, VEREADORES PROPÕEM PARCELAR ITBI EM ATÉ 12X

Será votado na quinta-feira (19) na Câmara Municipal um projeto que prevê parcelamento do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) em até 12 vezes, em Campo Grande. A proposta é para facilitar as transações imobiliárias e ajudar a evitar “contratos de gaveta”, nos quais o comprador desiste de oficializar o negócio diante dos custos com o imposto e emolumentos cartorários. O projeto de lei é de autoria dos vereadores André Salineiro e Otávio Trad.

Atualmente, a alíquota do ITBI é calculada em 2% sobre o valor do imóvel. Com isso, se uma propriedade for vendida por R$ 100 mil, por exemplo, o comprador terá que pagar R$ 2 mil à Prefeitura referente ao imposto.

Segundo o vereador André Salineiro, a proposta é para facilitar a compra e venda e ainda garante a arrecadação do município. “Há muitas pessoas que decidem fazer a compra de um imóvel com o dinheiro contato e na hora de escriturar ficam desanimadas com o valor do ITBI, além dos gastos com Cartório. Então, precisamos encontrar uma forma de facilitar esse pagamento. Sem falar que o contrato de gaveta traz muitos riscos para o comprador. O proprietário antigo pode vender o imóvel à outra pessoa, o imóvel pode ser penhorado por dívida, pode haver falecimento e a propriedade ser destinada a herdeiros, entre outros”, comenta o vereador.

Conforme o projeto, somente após a quitação integral das parcelas será autorizada a lavratura da escritura pública no Cartório de Ofício de Notas ou a transcrição do título de transferência no Cartório de Registro de Imóveis. A primeira parcela deverá ser paga no prazo de 30 dias contados da emissão da guia de recolhimento. O PL 557/17 acrescenta e modifica dispositivos na lei nº 2.592 de 27 de janeiro de 1989, que institui o ITBI.

Assessoria:   Caroline Maldonado

VEREADORES APROVAM ISENÇÃO PARA IDOSOS E DEFICIENTES EM VAGAS CONVENCIONAIS, PROPOSTA POR SALINEIRO

Foi aprovado por unanimidade, na Câmara Municipal, o projeto que prevê isenção para idosos e pessoas com deficiência nas vagas de estacionamento convencionais, em Campo Grande. A proposta votada na sessão desta terça-feira, dia 17, é dos vereadores André Salineiro, Valdir Gomes, Wilson Sami e Pastor Jeremias Flores. Atualmente, existe isenção para idosos e deficientes apenas nas vagas exclusivas.

Com isso, o projeto aguarda segunda discussão e votação na Casa. Se aprovado novamente pelos vereadores, a proposta seguirá para avaliação do prefeito. Conforme o texto, terão isenção ao estacionar em qualquer vaga com parquímetro apenas aqueles que portarem o Cartão de Estacionamento de Vaga Especial, que deve ser colocado sobre o painel do veículo ou em local visível para a fiscalização. O usuário da vaga deve apresentar o cartão e documento de identidade ao guardador, autoridade de trânsito ou agente, sempre que solicitado.

O vereador André Salineiro agradeceu a aprovação unânime e lembrou que o projeto é importante porque confere inclusão social. “Fico feliz que os vereadores estejam apoiando essa proposta. No Brasil, os idosos e pessoas com deficiência, além de enfrentar as dificuldades trazidas por sua condição, são obrigados, muitas vezes, a conviver com o descaso por parte do Poder Público em inúmeras situações. Portanto, são merecedores de ações que visem melhorar a sua qualidade de vida”, comentou Salineiro.

Foto: Izaías Medeiros/CMCG          Assessoria:    Caroline Maldonado

“A CORRUPÇÃO CORROMPE AS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS”, DECLARA VEREADOR ODILON EM PALESTRA

No último final de semana, o Movimento Ordem e Progresso (MOP) organizou uma palestra denominada “O Brasil em que vivemos – forças e fraquezas”, ministrada pelo Presidente Nacional do MOP, Coronel Arnoldo Filho.

O Coronel apresentou dados sobre a situação social e política que se encontra o Brasil. Neste aspecto, após a fala do Presidente Arnoldo, o vereador Odilon de Oliveira (PDT) falou sobre a corrupção que afeta diretamente o bem-estar dos cidadãos brasileiros.

“A corrupção corrompe as instituições públicas, desde o servidor público que confunde o público com o privado, apropriando-se de bens públicos até os policiais que se vendem por dinheiro”, declara Odilon.

Odilon discorreu ainda sobre a questão de como a corrupção afeta drasticamente a população, quando o dinheiro que deveria ser investido em educação, saúde e segurança de qualidade é desviado.

“Temos que combater esse sistema com ética e transparência e, principalmente, com uma fiscalização rígida e adequada”, finaliza.

Assessoria de Imprensa:   Kiohara Schwaab

APÓS DECISÃO DO TCE, SALINEIRO COBRA RETOMADA DE OBRAS DE ESGOTO NOS BAIRROS

Após decisão do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que manteve suspensa a prorrogação de 12 anos, mas validou os 18 anos a mais no contrato entre a Águas Guariroba e a Prefeitura, o vereador André Salineiro questionou a retomada das obras de esgoto em diversos bairros.  Ele lembrou que muitas regiões estão sem asfalto, porque ainda esperam a implantação da rede de esgoto.

“Agora, a gente fica aguardando o posicionamento da Águas sobre quando vai retomar as obras de implantação da rede de esgoto, porque temos vários bairros em que já estão até previstas as obras no PPA (Plano Plurianual), mas quando vai retomar?”, questionou Salineiro.

As obras de implantação de esgoto estão paradas há seis meses, desde que o TCE suspendeu aditivos no contrato entre a concessionária e a Prefeitura, que resultavam em 60 anos de concessão. O vereador lembrou que lei federal proíbe a implantação do esgoto onde ainda não foi implantado o asfalto, então vários bairros que já estão com as obras de pavimentação asfáltica previstas no PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), estão apenas esperando os desdobramentos desse processo no TCE.

Foto: Izaías Medeiros/CMCG /  Assessoria: Caroline Maldonado    

CÂMARA DERRUBA VETO DO PREFEITO SOBRE DESCONTO NO IPTU A IMÓVEIS COM CÂMERAS

A Câmara Municipal derrubou o veto do prefeito ao projeto “Cidade Vigiada”, que prevê desconto no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) a imóveis com câmeras de monitoramento voltadas para a rua, de autoria dos vereadores André Salineiro e Otávio Trad. Foram 16 votos contra o veto e 9 a favor.

Ao defender o projeto, Salineiro rebateu críticas de que o projeto exigiria renúncia de receita e afetaria significativamente os cofres públicos.  “Poderíamos falar de renúncia quando autorizamos aqui a renúncia do Consórcio Guaicurus. Não foi renúncia? Foi renúncia! Quando votamos a favor do Prodes foi renúncia de recursos públicos em troca de geração de emprego e renda, e aqui estamos falando de vidas, do bem mais precioso do ser humano, de segurança pública”, argumentou Salineiro.

O vereador lembrou ainda que “renúncia” compreende anistia, remissão, subsídio, crédito e concessão de isenção de caráter não geral e, nesse caso, o projeto “Cidade Vigiada” é de caráter geral. “Então, esse projeto não precisa de estudo de impacto financeiro”, disse Salineiro ao citar o artigo 14, inciso II, da Lei de Responsabilidade Fiscal, amparado por jurisprudência do STF (Supremo Tribunal Federal).

 “Cidade Vigiada” – O projeto prevê desconto que pode ser de até 15% no IPTU, porém o percentual deve ser definido pela Prefeitura. O desconto é a partir do exercício fiscal seguinte ao requerimento do benefício, por no máximo cinco anos, podendo ser prorrogado a critério do Poder Executivo. Para ter direito o morador deverá instalar um sistema de videomonitoramento que faça gravação 24 horas por dia, com qualidade que possibilite a identificação e reconhecimento das pessoas e placas de veículos captadas pelas câmeras. As gravações deverão ser conservadas pelo prazo mínimo de 30 dias corridos.

Assessoria:  Caroline Maldonado

ELEITA MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL PARA O BIÊNIO 2019/2020

Com 28 votos favoráveis e um voto contrário, foi eleita a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Campo Grande para o biênio 2019/2020, em sessão de eleição nesta quinta-feira (5).

A Mesa que tem a atribuição de dirigir os trabalhos legislativos e os serviços administrativos da Câmara é composta pelo presidente Prof. João Rocha, 1° vice-presidente; Cazuza, 2° vice-presidente; Eduardo Romero, 3° vice-presidente; Ademir Santana, 1° secretário; Carlão, 2° secretário; Gilmar da Cruz e 3° secretário; Papy.

O presidente eleito, Prof. João Rocha declarou: “Pela harmonia, pelo entendimento, pelo respeito, pela responsabilidade e pelo compromisso de que uma eleição como esta, nessas condições, dessa natureza, na verdade é uma reeleição de todos nós 29 vereadores, porque o compromisso que todos nós temos é com a população de Campo Grande. Evidentemente, dentro de um colegiado precisa se escolher um grupo regimentalmente. Nós fomos escolhidos, por uma votação legal e regimental, antes de chegar aqui esse colegiado conversou e discutiu para que esta Casa devolva a população a confiança que nela foi  depositada, e é com esta responsabilidade que todos nós iremos fazer as entregas para a população, com entendimento de todos, juntos temos a responsabilidade de fazermos essas entregas, voto sim pelo entendimento e pela paz, que Campo Grande possa continuar sorrindo”, disse.

De acordo com o vereador Carlão, que foi eleito 1° secretário da Casa de Leis, “o presidente da Câmara Municipal, Prof. João Rocha vem conduzindo um bom trabalho na Casa, dando condição para todos os vereadores trabalhar”, ressaltou.

Já o 2° vice-presidente eleito, vereador Eduardo Romero reforçou o espaço que o presidente da Casa vem concedendo para todos os vereadores trabalhar. “João Rocha tem dado espaço para que cada um faça o melhor pela cidade de Campo Grande, é uma satisfação votar sim”, avaliou.

O 3° secretário eleito, vereador Papy, afirmou seu compromisso com a cidade. “Claro que me sinto honrado de fazer parte desta Mesa, reforço meu compromisso em fazer essa cidade pujante”, alegou.

Para o vereador Chiquinho Telles, Prof. João Rocha soube honrar a Casa de Leis. “Eu conheço a pessoa do vereador Prof. João Rocha, e como presidente consegue dar atenção a todos os vereadores, ele soube honrar esta Casa, dando condição para o Executivo fazer o trabalho pela nossa cidade”, disse.

Já o vereador Delegado Wellington elogiou o trabalho prestado pelo grupo eleito à Casa de Leis. “A Câmara Municipal está se transformando em modelo de acessibilidade, isso é resultado de uma gestão eficiente”, apontou.

A vereadora Dharleng Campos agradeceu a gestão do vereador Prof. João Rocha pelo espaço dedicado a representatividade feminina. “Agradeço a gestão do vereador Prof. João Rocha, eu e a enfermeira Cida somos duas mulheres entre os 29 vereadores, e estamos sendo respeitadas e prestigiadas, tendo condição de trabalhar pelas mulheres desta cidade”, ressaltou.

“A Casa está diferenciada, com um poder harmônico, cumprindo o seu papel”, destacou Pastor Jeremias Flores.

Para o vereador Valdir Gomes os vereadores eleitos honraram os serviços da Casa, “este grupo que estava no comando nos honrou em situações até mesmo difíceis”, defendeu.

O vereador William Maksoud afirmou que o grupo tem feito um excelente trabalho. “Essas pessoas têm feito um excelente trabalho, dando suporte e auxílio para todos os vereadores”, finalizou.

Dayane Parron

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

APROVADA NA CÂMARA, TOLERÂNCIA DE 15MIN EM PARQUÍMETRO ESPERA AVAL DO PREFEITO

Foi aprovado em segunda votação na Câmara Municipal projeto que prevê tolerância de 15 minutos nos estacionamentos com parquímetro, de autoria do vereador André Salineiro. Com aprovação dos parlamentares, agora o projeto espera avaliação do prefeito, que pode sancionar a lei ou vetar a proposta.

Se a lei for sancionada, o usuário vai acionar o parquímetro e se não permanecer mais de quinze minutos ali, não vai pagar nada.

Se passar disso, vai pagar normalmente todo o tempo contabilizado.

Segundo Salineiro, é uma forma de promover a fluidez na rotatividade, que é justamente o objetivo do sistema e também de beneficiar quem precisa utilizar as vagas rapidamente, como já ocorre em estacionamentos privativos.

“Agora, é esperar a avaliação do prefeito para colocar em prática esse projeto, que acredito que será benéfico para todos: cidadãos, comerciantes e município”, comentou o vereador, ao lembrar que a medida pode beneficiar as pessoas que precisam utilizar as vagas rapidamente.

Foto: Izaías Medeiros/CMCG               Assessoria: Caroline Maldonado

 

CÂMARA MUNICIPAL COMEÇOU A DISCUTIR EM AUDIÊNCIA PÚBLICA O PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO AMBIENTAL DE CAMPO GRANDE.

CÂMARA ANUNCIA AGENDA DE AUDIÊNCIAS PÚBLICAS DO PLANO DIRETOR; PREFEITURA FAZ EXPOSIÇÃO NESTA QUARTA

A Câmara Municipal de Campo Grande anunciou a agenda inicial de Audiências Públicas para debater o Projeto de Lei Complementar n° 551/2017, de autoria do Executivo Municipal, que institui o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Campo Grande. Nesta quarta-feira (4), a partir das 9 horas, diversos secretários da Prefeitura Municipal participam da Audiência para fazerem suas exposições  sobre a proposta.

No dia 11 de abril, a Câmara vai sediar um encontro sobre mobilidade urbana e no dia 18 de abril a promotora de Justiça do Meio Ambiente do Ministério Público Estadual (MPE), Andréia Cristina Peres da Silva, faz considerações e impressões da entidade em relação ao Projeto de Lei Complementar 551/2017, de autoria do Executivo Municipal, que institui o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Campo Grande.

O evento, no Plenário Oliva Enciso, é aberto à comunidade e terá ainda a participação de representantes municipais para expor o texto enviado para a Câmara Municipal.

De acordo com o presidente da Câmara, João Rocha (PSDB), a Casa de Leis inicia no dia 4 de abril agenda contemplando uma série de audiências públicas e debates para depois organizar e colocar em votação o texto, com data prevista para maio.

Segundo o presidente da Casa de Leis, Prof. João Rocha, “esta Casa entende e tem obrigação com o Plano Diretor, porque o legislativo irá dar a palavra final, assim como tem responsabilidade com toda tramitação nesta Casa, tudo o que passa aqui é importante, mas o Plano Diretor é mais importante ainda, porque ele pensa na cidade por 10, 20 e 30 anos. Estamos cuidando com muita responsabilidade, os empresários que querem investir na cidade querem ver uma cidade pujante, que tenha um plano em vigor. Esse plano vem respaldar primeiro a população, tem preocupação com cidadania, estaremos iniciando a partir do dia 4 uma série de Audiências Públicas para discutir diversos temas pensando no melhor da nossa cidade, tenho certeza que o Executivo se debruçou em fazer o melhor. Todas as Audiências vão ter palestras para debater temas importantes para enriquecer nossa formatação para votarmos de forma tranquila esse importante plano para a nossa cidade”, disse.

Outras agendas estão em elaboração. A ideia é reunir os legisladores, instituições e integrantes da sociedade que querem discutir o tema, bem como órgãos públicos diretamente ligados à temática.

Além da CCJ outras duas comissões estão envolvidas diretamente na discussão do Plano Diretor na Casa que é a Permanente de Meio Ambiente e a de Finanças e Orçamento. O vereador Eduardo Romero (REDE) que é vice da de Meio Ambiente e presidente da Comissão de Finanças destaca que a Câmara elencou temas dentro do projeto para coleta de participação popular e com entendimento técnico tudo será avaliado cuidadosamente.

“Todos os vereadores estão envolvidos na discussão deste projeto. Neste primeiro momento a avaliação é da CCJ, sendo o vereador William Maksoud (PMN) o relator da comissão que avalia inicialmente o projeto do Plano Diretor. A comissão de Meio Ambiente está diretamente envolvida porque está em discussão uma década do que queremos para a cidade em termos de desenvolvimento. Já a de Finanças e Orçamento participa diretamente porque as propostas terão um impacto financeiro”, explica Eduardo Romero.

Segundo o vereador William Maksoud, “o Plano Diretor é o norte da expansão e organização da nossa cidade para os próximos 30 anos, no que se refere ao meio ambiente, urbanismo, sustentabilidade e uso do solo. Queremos debater à exaustão cada uma dessas questões afim de assegurar que daqui saia uma peça técnica e completa, mas que seja aplicável”.

“Entre as mudanças está, por exemplo, a instalação de novas empresas em áreas estratégicas, permissão para que prédios de até cinco andares sejam construídos em 14 bairros da cidade, ocupação de vazios urbanos, entre outras  adequações permitirão atrair investimentos e empregos”, disse o relator do Projeto.

Plano Diretor

Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Campo Grande – PDDUA é o instrumento básico da política de desenvolvimento urbano, nos termos do art. 182 da Constituição Federal.

Tem por objetivo ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e da propriedade e garantir o bem-estar de seus habitantes, no âmbito urbano e rural, sob o aspecto urbanístico, ambiental, social, cultural, econômico e administrativo, englobando o território do Município.

Assessoria de Imprensa 

APROVADO PROJETO DE SALINEIRO PARA CRIAÇÃO DE CNPJ DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL

Foi aprovado hoje (3) na Câmara Municipal projeto para inscrição da Guarda Civil Municipal no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).
O objetivo é facilitar que a Guarda receba recursos, firme convênios e faça trâmites desse tipo diretamente pelo seu CNPJ, sem precisar da gerência do município, segundo o autor da proposta, o vereador André Salineiro. 
Para o vereador é importante facilitar qualquer trâmite que traga benefício para a segurança pública do município. “Hoje, se houver uma doação para a segurança, tem que ser feita ao município para depois passar para a Guarda. Acredito que se tiver o CNPJ esse processo será mais ágil”, justificou. 
O projeto aguarda segunda votação e se aprovado seguirá para avaliação do prefeito. Caso sancionada a lei, caberá a Prefeitura providenciar a inscrição da Guarda no Cadastro.
 
 
Foto: Izaías Medeiros/CMCG         Assessoria: Caroline Maldonado

VEREADOR PROPÕE TOLERÂNCIA DE 15 MINUTOS EM VAGAS DA FLEX PARK

Projeto apresentado pelo vereador André Salineiro prevê tolerância de 15 minutos nas vagas do estacionamento rotativo de Campo Grande. A proposta teve parecer favorável de três comissões da Câmara Municipal e será votada pelos vereadores nesta terça-feira, dia 3. A intenção é agilizar a rotatividade, beneficiando quem vai permanecer por poucos minutos, assim como ocorre em estacionamentos privativos.

Conforme o projeto, ao ocupar a vaga o usuário deverá ativar o sistema pelo parquímetro ou pelo aplicativo e a cobrança começará somente após o término do tempo de tolerância. Segundo o vereador, a rapidez no deslocamento na área de estacionamento pago deve ser estimulada pelo município, pois interfere positivamente nas vendas do comércio.

“Sabemos que algumas pessoas hoje preferem os shoppings ao Centro, em função da agilidade e conforto. Então, todo esforço é válido para atrair as pessoas para a região central dando atenção aos comerciantes dessa área, que hoje enfrentam alguns problemas de infra-estrutura, dos quais a Prefeitura já está atenta também, inclusive dando continuidade ao projeto Reviva Centro, que é um anseio antigo”, justificou Salineiro.

Para o vereador, além de beneficiar as pessoas que precisam utilizar as vagas rapidamente, a medida iria refletir em incremento na arrecadação de tributos municipais, ao estimular as compras no Centro. O projeto tem aval das Comissões de Legislação, Justiça e Redação Final; Cidadania e Direitos Humanos e de Finanças e Orçamento e também da Procuradoria Municipal.

Foto: Izaías Medeiros/CMCG                         Assessoria:  Caroline Maldonado

ODILON PEDE A SECRETÁRIO DA SAS POSICIONAMENTO SOBRE AS EMENDAS DO ANO ANTERIOR E ATENÇÃO AO CETREMI

Durante Palavra Livre, nesta quinta-feira (22), na Câmara Municipal de Campo Grande, o vereador Odilon de Oliveira (PDT) pediu posicionamento do Secretário da Assistência Social, José Mário Antunes, sobre as emendas que não foram entregues às entidades sociais.

“Gostaria de saber sobre o andamento das emendas e porquê elas não foram repassadas”, questionou Odilon e ainda aproveitou o momento para pedir uma atenção especial ao Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante (Cetremi) que está em situação de calamidade e virou um ponto de atendimento para usuários de drogas. “É preciso separar os migrantes dos usuários ou dar assistência para que o Centro possa atender melhor essas pessoas”, completa.

Em resposta as emendas, o secretário afirmou que a situação foi resolvida ontem (21) e que o repasse das verbas já estão sendo feitas.

Mesmo diante dessa afirmação, Odilon disse que cuidará para que todas as entidades indicadas por ele recebam as devidas emendas.

Assessoria de Imprensa: Kiohara Schwaab

SANCIONADA LEI DE VIDEOMONITORAMENTO EM PRÉDIOS PÚBLICOS, PROPOSTA POR SALINEIRO

Foi sancionada nesta quinta-feira (15) lei para instalação de videomonitoramento em prédios e espaços públicos de Campo Grande. Conforme o projeto, apresentado pelo vereador André Salineiro, as gravações obtidas devem ficar armazenadas de 30 a 90 dias, nos arquivos do município.

Segundo o vereador, o objetivo é aprimorar a segurança pública, fazendo com que fique mais fácil e rápido flagrar furtos e diversos outros crimes nesses locais, já que o efetivo da Guarda Civil Municipal atualmente não dá conta de cobrir todos os prédios públicos. “Com as câmeras, que poderão ser ligadas à Central de Monitoramento de Campo Grande, os guardas ficarão mais disponíveis para atuarem em rondas e terão mais facilidade para fazer flagrantes. O que precisamos é pegar os criminosos que costumam atuar nesses prédios e espaços, em especial à noite”, comentou o vereador.

Segundo Salineiro, além de aperfeiçoar a segurança, a instalação de videomonitoramento pode gerar economia aos cofres públicos, pois o gasto deve ser menor do que com a remuneração de guardas e agentes patrimoniais. “Como não há guardas suficientes e não se pode contratar mais, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) recentemente convocou 150 agentes de patrimônio para ficarem nas escolas e Centros de Educação Infantil (Ceinfs). Isso não será necessário com o videomonitoramento, além do que não é o ideal, pois os agentes não são qualificados como são os guardas”, explicou.

FOTO: Izaías Mederios/CMCG        Assessoria:  Caroline Maldonado

AÇÃO INTEGRADA ELIMINA CRIADOUROS DO AEDES E AUTUA MORADOR POR ACUMULAR LIXO E SUCATA

Ação integrada coordenada pela Coordenadoria de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) com apoio da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV) retirou mais de 10 toneladas de entulhos, pneus, entre outros materiais inservíveis  e sucatas de veículos de um imóvel localizado no bairro José Maksoud. O proprietário do local, que já havia sido notificado, foi autuado e vai responder processo administrativo sanitário. Saiba mais…

NOVA TURMA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL REÚNE 300 JOVENS

A 17ª turma do Curso de Capacitação Profissional da Prefeitura de Campo Grande, coordenado pela Subsecretaria Municipal de Políticas para a Juventude, foi recebida nessa segunda-feira, na Uniderp, para uma aula inaugural, que contou com a presença do prefeito Marquinhos Trad, do titular da Subjuv Maicon Nogueira e do reitor da Universidade, Taner Douglas. Saiba mais…

PROFISSIONAIS DA REME CONHECEM PROJETO PREMIADO SOBRE VALORIZAÇÃO DA MULHER

Diretores e coordenadores pedagógicos da Reme (Rede Municipal de Ensino) irão conhecer, o projeto Mulheres Inspiradoras, criado em 2014 pela professora Gina Vieira, que é de Brasília.  O evento será realizado no Centro de Formação da Semed (Secretaria Municipal de Educação) sendo uma parceria com Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS). Saiba mais…

PREFEITURA MUNICIPAL REGISTRA A MARCA ‘FALA CAMPO GRANDE’

Em 2017, o Brasil registrou 6.250 patentes concedidas pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Conforme o levantamento divulgado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), tais registros cresceram 30% em relação ao ano anterior (4.771). Números que mostram a importância de proteger propriedades intelectuais, para que os danos causados por violações contra tal patrimônio, sejam resguardados. Saiba mais…

PREFEITURA ABRE ESCRITÓRIO DO PROGRAMA REVIVA CAMPO GRANDE NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL

O prefeito Marquinhos Trad reuniu lojistas, proprietários de imóveis, empresários, moradores e público em geral para apresentar nesta segunda-feira (21) o cronograma e detalhes da execução das primeiras quadras da obra de Requalificação da Rua 14 de Julho. O encontro aconteceu no Escritório Local do Programa Reviva Campo Grande, que funcionará, em horário comercial, dentro da sede da Associação Comercial e Industrial (ACICG). Saiba mais…

PREFEITURA LICITA OBRAS COMPLEMENTARES DA INFRAESTRUTURA DO TERMINAL INTERMODAL

A Prefeitura de Campo Grande lançou nesta segunda-feira (21) concorrência pública para contratação da empresa que executará as obras complementares da infraestrutura do Porto de Seco, o terminal intermodal construído às margens do macroanel viário, trecho entre as saídas de Sidrolândia e São Paulo.  As obras estão orçadas em R$ 3,9 milhões,  com prazo de um ano para ficarem prontas. As  propostas devem ser entregues até o dia 21 de junho. Saiba mais…

AÇÃO JOVEM LEVA SERVIÇOS E MUITA DIVERSÃO PARA O DOM ANTÔNIO BARBOSA

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Políticas para a Juventude, em parceria com diversas secretarias, realizou na manhã deste domingo (20) a 7ª Edição da Ação Jovem. Saiba mais…

PREFEITURA FAZ SORTEIO DE PONTOS E AUXILIARES COMEMORAM ALVARÁ DE TÁXI APÓS DÉCADAS DE ESPERA

Foi com emoção que Diacizo Ângelo comemorou o fato de ser o primeiro dos 183 sorteados para os novos pontos de táxi em Campo Grande. Emocionado, ele falou dos anos de trabalho duro até a conquista do sonhado alvará. “Agradeço ao prefeito pela confiança na nossa categoria. Aqui só tem gente boa, que passa a noite inteira acordada, trabalhando”, declarou. Saiba mais…

CURSO LEVA CONHECIMENTOS EMPRESARIAIS PARA JUVENTUDE

O curso Inova Jovem, oferecido pela Subsecretaria de Políticas para a Juventude, da Prefeitura de Campo Grande, onde jovens oriundos de comunidades com alto índice de vulnerabilidade social e que possuem a vontade de
empreender receberam, durante cinco dias, orientações de administração, marketing e vendas, além de uma marca e um plano de negócios, mostrando o passo a passo para o desenvolvimento ou implantação da empresa. Saiba mais…